Qual a verdadeira história por trás do jogo Subway Surfers?

Qual a verdadeira história por trás do jogo Subway Surfers?

Por Rodrigo Folter | Editado por Bruno Salutes | 10 de Agosto de 2021 às 22h20

Subway Surfers (Android | iOS) é um jogo da SYBO Games, desenvolvedora dinamarquesa, lançado em 2012 e conta com atualmente quase 2 bilhões de downloads. O jogo é um endless runner onde o jogador corre por trilhos de trem desviando de obstáculos e coletando moedas para trocar por recompensas que facilitam sua vida quando jogar novamente.

Existia um boato de que o jogo foi desenvolvido a partir de um acontecimento trágico na vida do criador. Segundo o Twitter, e outras redes sociais, a ideia era honrar a memória do filho dele que teria falecido após ser atingido por um trem enquanto andava de skate nos trilhos. Não existia fatos que comprovassem a história, mas a internet acreditou, mesmo com diversos meios desmentindo o fato. Hoje vamos falar sobre a verdadeira história de concepção do fenômeno dinamarquês.

Qual a verdadeira história por trás de Subway Surfers?

Felizmente não existe nada trágico por trás da criação do jogo. Mathias Gredal Nørvig, CEO da SYBO, contou um pouco sobre a história do jogo em um evento em Londres, em 2018. Ambos os fundadores da empresa tinham arte urbana como paixão em comum e isso foi a base para construção construção do jogo.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Unindo diversos elementos da arte urbana, como skate, grafite, Hip Hop e streetwear, a base visual foi estabelecida e a partir disso levaram as ideias para o ambiente lúdico dos jogos eletrônicos através de Subway Surfers. Um ano antes do lançamento do jogo outro título importante para a história dos jogos para celular havia sido lançado, Temple Run. O estilo endless era moda e Subway Surfers certamente foi bastante influenciado por isso.

A ideia era apresentar a cultura de rua como algo que merece respeito e quebrar um pouco a mentalidade de que arte urbana, e tudo o que a envolve, é de alguma forma menor que outros estilos. Decidiram utilizar os jogos através dos aparelhos móveis pela acessibilidade e facilidade de levar a mensagem adiante, já que o aparelho se tornou indispensável com o passar dos anos.

Viaje pelo mundo com Subway Surfers, dessa vez a parada é Tóquio (Imagem: Rodrigo Folter/Captura de tela)

O estúdio se uniu com a Kiloo Games, desenvolvedora e publicadora também dinamarquesa, para continuar a produção e graças a essa união o jogo alcançou sucesso global. Com esse sucesso, as empresas passaram a homenagear grandes cidades através do "World Tour", retratando cenários de diferentes cidades importantes ao redor do mundo, atualmente em Tóquio devido as Olimpíadas.

A cada nova cidade, o jogo une a estética de rua com o visual tradicional desses países mostrando que o mundo inteiro pratica skate e que arte urbana combina com qualquer outro estilo, independente se são milenares templos japoneses ou

Outra ideia excelente é o contato constante que a comunidade tem com o jogo através da Fanzone, loja digital onde os fãs do título podem comprar artigos do jogo com arte feita por artistas independentes também fãs do jogo.

Local de comércio onde é possível adquirir artigos com artes feitas por fãs (Imagem: SYBO)

Subway Surfers tem uma história voltada a conexões e a valorização da arte urbana, sabendo unir tradição com inovação e alcançando milhões de pessoas ao redor do mundo.

Fonte: SYBO Games

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.