Brasil melhora rede móvel, mas ainda perde para Uruguai, México e Argentina

Por Rubens Eishima | 14 de Maio de 2020 às 16h30

A consultoria de telecomunicações Opensignal divulgou seu relatório de experiência móvel, um ano após o lançamento comercial das redes 5G. Apesar da nova tecnologia ainda não ter chegado por aqui, a empresa fez um balanço do 4G e revelou que as operadoras melhoraram a rede móvel no período.

Um dos parâmetros avaliados pela consultoria é a chamada experiência de vídeo, que mede não apenas a velocidade de download, mas também a qualidade de imagem e o tempo para iniciar a transmissão. Neste quesito, as operadoras brasileiras subiram 11,2 pontos na escala que vai até 100, indo da classificação Média para Boa.

O relatório revela que os celulares no Brasil estão passando mais tempo conectados às redes 4G, com um aumento de 7,4 pontos percentuais para 79,3%. O aumento, medido entre os primeiros trimestres de 2019 e 2020, é o terceiro maior na América Latina e indica uma maior cobertura da rede.

Falando em América Latina, o Brasil ficou na quinta colocação entre os países da região no quesito velocidade de download. A média registrada no país foi de 15,3 Mbps, um aumento de 2,2 Mbps na comparação com o primeiro trimestre de 2019. À nossa frente no ranking estão Uruguai, México, Porto Rico e Argentina.

Um ano de 5G

Lá fora, a Opensignal verificou que, apesar de ter lançado sua rede 5G apenas no começo do ano, o Canadá lidera o ranking de velocidade móvel, empatado com a Coreia do Sul – que lançou o 5G em abril de 2019. As operadoras de ambos os países registraram velocidades médias na casa dos 59 Mbps, quase quatro vezes mais rápido que a média brasileira.

Quanto à experiência de vídeo, clientes de operadoras da República Tcheca e Holanda são os que recebem a melhor qualidade de streaming. Curiosamente, o Canadá e a Coreia do Sul não estão entre os 15 países com experiência classificada como excelente pela consultoria, reforçando que velocidade de download não se traduz necessariamente em uma melhor qualidade de transmissão de vídeo.

Entre os países que já adotaram o 5G, Coreia do Sul, Japão e Noruega lideram o ranking de velocidade de download na nova rede. As últimas colocações da lista, caso do Kuwait e de Porto Rico, não apresentam velocidades muito diferentes das registradas pelo 4G no Brasil.

Brasil está no pelotão intermediário de velocidade (imagem: Opensignal)

Futuro

Mesmo com todo o burburinho em torno do 5G, a Opensignal verificou que ainda há muito trabalho a fazer para melhorar a experiência no 4G em muitos países.

A atual pandemia pode mostrar a importância do cuidado com a infraestrutura móvel, especialmente com milhares de pessoas usando a tecnologia para manter contato com parentes e amigos, seja em videoconferências, mensagens ou até mesmo jogos online.

Fonte: Opensignal (1, 2)

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.