O que é computação em nuvem?

O que é computação em nuvem?

Por Victor Carvalho | Editado por Wallace Moté | 22 de Abril de 2022 às 12h00
Apple

Com o avanço de um mundo cada vez mais conectado, dados e arquivos precisam estar disponíveis a qualquer hora do dia e a qualquer dia da semana para que possamos acessá-lo quando mais for conveniente. Este é um dos vários benefícios da "nuvem", que muda a forma com que o processamento, armazenamento e acesso de dados são feitos na internet.

O que é nuvem?

Encontrado em planos gratuitos e pagos, a nuvem é um serviço que armazena dados (como arquivos, fotos, vídeos, senhas e outros) de usuários pessoais ou corporativos, permitindo facilitar o acesso ao tudo que for armazenado.

Atualmente grandes empresas de tecnologia como Google, Microsoft e Apple possuem suas próprias nuvens para manter usuários em seus ecossistemas, mas empresas mais especializadas como Dropbox e Mega também disponibilizam seus serviços de armazenamento em nuvem.

Servidores permitem salvar e visualizar arquivos de forma remota (Imagem: Reprodução/Apple)

A "nuvem" é caracterizada por uma série de servidores em todo o mundo que opera de diferentes formas, podendo não apenas armazenar dados, como também gerenciar aplicativos, rodar programas e jogos, transmitir vídeos e muito mais.

No geral, a ideia da nuvem é permitir que usuários e empresas possam armazenar, computar, transmitir e compartilhar informações sem depender de hardware e computadores físico.

O que é computação em nuvem (cloud computing)?

Grandes empresas de tecnologia permitem que usuários e empresas utilizem servidores com diferentes planos dependendo da quantidade de dados (Imagem: Reprodução/Google)

A computação em nuvem mira empresas de grande, médio e pequeno porte para garantir manutenção, segurança e fácil acesso a servidores que permitem armazenar, processar e salvar arquivos.

Há quatro modalidades de computação em nuvem. A nuvem pública permite que empresas utilizem servidores de forma simultânea, mas ainda separada, com o provedor da nuvem sendo responsável por segurança e manutenção. A nuvem privada é aquela que só uma empresa possui acesso, podendo ser proprietária e armazenada localmente. Já a nuvem híbrida une ambos os conceitos, permitindo que infraestruturas possam ser combinadas para uso de diferentes propósitos. Por fim, a nuvem de comunidade compartilha recursos apenas entre organizações ou empresas com propósitos em comum.

O que é Cloud Gaming (jogos na nuvem)?

Cloud Gaming se destaca pela reprodução remota de jogos sem necessidade de possuir um hardware potente (Imagem: Reprodução/Microsft)

Com base em tudo que já foi apresentado, fica mais fácil entender o conceito de Cloud Gaming, uma forma cada vez mais popular de substituir hardware físico em prol da praticidade de jogar em qualquer lugar.

Os jogos na nuvem permitem que games rodem em servidores de empresas como Amazon, Google, Nvidia, Sony e Microsoft.

O processamento é feito em computadores (ou em próprios consoles, no caso do Xbox Cloud Gaming da Microsoft) e necessita apenas que usuários tenham uma boa conexão de internet para evitar engasgos ou travamentos.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.