O que é blog?

O que é blog?

Por Kris Gaiato | Editado por Guadalupe Carniel | 07 de Julho de 2022 às 17h35
Glenn Carstens-Peters/Unsplash

Em uma era com plataformas como Instagram e TikTok, é natural que algumas pessoas se perguntem o que é blog. Embora esse tenha sido um elemento essencial para a internet, ele já não é mais tão popular. Antes mesmo das redes sociais, quando ainda se falava em sites de compartilhamento de conteúdos e fóruns, surgiram os blogs.

No finalzinho dos anos 1990, eles eram encarados como diários pessoais no ambiente virtual e, em pouco tempo, se tornaram um meio para divulgar informações e ideias na Web. A explosão mesmo ocorreu com a chegada dos anos 2000, quando as primeiras plataformas de hospedagem gratuita surgiram.

Os blogs ainda são bastante utilizados, mas para outros objetivos, como na criação de portfólios. Antes de mais nada, é importante salientar que estamos falando de sites. Sua finalidade pode ser pessoal ou profissional, tudo depende da intenção do criador. Além disso, é possível lançar um blog com endereço próprio ou através de domínios estabelecidos por plataformas como Medium, WordPress e o nostálgico Blogger.

O que significa “blog”

Você já pensou que pode haver uma razão para o uso do termo “blog”? Ele vem de “weblog”, que significa algo como “registro na web”. Essa expressão foi criada em 1997 por John Barger e, em 1999, abreviada para “blog” por Peter Merholz que, brincando com a palavra weblog, dividiu-a em duas partes para gerar a frase "we blog" ("nós blogamos").

Depois disso, o nome se espalhou e os usuários mais comprometidos começaram a ser chamados de "bloggers", ou, na versão brazuca, "blogueiros". E foi nesse contexto que a plataforma Blogger se tornou uma das mais importantes da época ao permitir que qualquer um criasse seu próprio espaço gratuitamente. Curiosamente, a Pyra Labs, empresa que desenvolveu a plataforma, foi cofundada por Evan Williams, que também participou da criação do Twitter e do Medium.

O Blogger foi uma das plataformas mais importantes para a popularização do formato (Captura: Kris Gaiato)

Sem os blogs, não haveria influencers

No início dos anos 2000, o termo "influenciador digital" ainda não era usado como nos dias de hoje, mas esse fenômeno já estava tomando forma. Graças aos blogs e as primeiras redes sociais, alguns usuários ganharam notoriedade e fama em razão da sua atividade online.

Em 2010, o Instagram chegou para iOS e, dois anos depois, para Android. A rede social, como já sabemos, transformou a forma como os usuários se comportavam e interagiam na Web. Ainda que, inicialmente, o foco da plataforma fosse o compartilhamento de fotos, eventualmente alguns usuários passaram a utilizá-la como um diário pessoal — como nos blogs.

Desde então, a rede social passou por muitas transformações e, além do mais, surgiram inúmeras plataformas concorrentes e igualmente populares. Nelas, é possível encontrar contas que reúnem milhares de seguidores que, de alguma forma, se identificam com o conteúdo compartilhado. Ainda que tenham ganhado um novo formato, os blogs não perderam a essência tradicional.

Como criar um blog

Para criar um blog à moda antiga, você pode recorrer às plataformas citadas anteriormente. WordPress, Blogger e Medium dão conta do recado, mas existe uma variedade de opções na Web. O processo é bem simples: basta escolher uma delas e realizar o seu cadastro. A maioria oferece modelos de sites com diferentes interfaces, cores e elementos.

Se você tiver tempo, pode se divertir com a personalização, que recebe bastante atenção em algumas plataformas. Nesses casos, o usuário pode ajustar praticamente toda a aparência do site de um jeito simples. Mas, claro, aqueles que tiverem conhecimentos de linguagens de programação, como HTML, podem ir mais além e criar o blog do zero.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.