Publicidade

Modo Deep Search do Bing supera expectativas e passa por ajustes

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 12 de Fevereiro de 2024 às 11h14

Link copiado!

Rubaitul Azad/Unsplash
Rubaitul Azad/Unsplash
Tudo sobre Bing

O recurso Deep Search para realizar pesquisas complexas e com maior grau de apuração pelo buscador Bing teve um sucesso maior do que o esperado pela Microsoft. Lançado em dezembro para um grupo restrito de usuários, a ferramenta utiliza o modelo de linguagem GPT-4 para expandir a descrição da consulta e oferecer resultados mais completos e detalhados.

A demanda de uso superou as expectativas da companhia a ponto de obrigar a companhia a realizar ajustes para atender o alto volume de pesquisa.

Popularidade do Deep Search

Continua após a publicidade

Em uma conversa através da rede social X (o antigo Twitter), o CEO de Publicidade e Serviços Web da Microsoft, Mikhail Parakhin, comentou a popularidade do Deep Search: “Acabou sendo mais popular do que esperávamos”. 

Parakhin explicou que a proposta do Deep Search era ser uma ferramenta adicional de pesquisa, e agora a equipe lida com as limitações de escalabilidade e infraestrutura reveladas pelo aumento de uso pelo público. 

Segundo o executivo, a busca “profunda” está em um modo fantasma, com a execução das consultas nos sistemas, mas sem visibilidade para os usuários — uma maneira de testar a infraestrutura antes de disponibilizar a ferramenta para o grande público.

Continua após a publicidade

O sucesso maior do que o previsto do Deep Search indica que as pessoas estão experimentando novas formas de realizar consultas na web, com pesquisas mais avançadas e em busca de resultados mais refinados.

No lançamento da ferramenta em dezembro, a Microsoft informou que a modalidade “não se destina a todas as consultas ou a todos os usuários, e foi projetada para quem tem perguntas complexas que exigem mais do que uma simples resposta”.

O Deep Search utiliza uma técnica de expansão da descrição da consulta para oferecer resultados mais precisos. “Essa descrição expandida captura a intenção e as expectativas da pesquisa com mais clareza e precisão do que apenas algumas palavras-chave e ajuda o Bing a entender o tipo de informação que você está procurando”, explica a Big Tech.

Continua após a publicidade

A Microsoft não deu uma previsão para a conclusão dos ajustes na ferramenta nem ofereceu um cronograma de lançamento do Deep Search para o grande público.