Publicidade

Google também terá selo azul de verificado, mas para anunciantes

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 28 de Março de 2023 às 12h15

Link copiado!

Alveni Lisboa/Canaltech
Alveni Lisboa/Canaltech
Tudo sobre Google

O Google começou a fazer testes com selos azuis de verificação em alguns anúncios exibidos nas pesquisas para identificar empresas verificadas. A marcação lembra aquela usada por redes sociais, como o Twitter e o Instagram, para confirmar a veracidade das contas.

O selo azul (Blue Check, em inglês) deve ser implementado como parte do programa de verificação de anunciantes, previsto para trazer mais segurança para o Google Ads. A Gigante das Buscas já começou a convidar alguns anunciantes a enviar sua documentação como forma de conferir a autenticidade das propagandas impulsionadas.

Continua após a publicidade

A marcação azul tem um símbolo de verificação (check) branco no centro. Ele fica posicionado acima da URL do site, ao lado do nome da página do anunciante. Ao clicar ali, a pessoa o buscador exibirá informações sobre o contratante, como o nome da empresa e a localização.

Vantagens de ser verificado do Google Ads

Esses crachás podem trazer mais credibilidade para cada exibição do Google Ads, além de permitir ao usuário saber qual marca está por trás do anúncio. É comum empresas compararem palavras-chaves associadas a concorrentes, o que pode confundir o usuário. Com a mudança, você saberá exatamente se aquele é o site desejado ou se é algum rival tentando passar a perna no original.

A exibição do ícone implica em uma checagem prévia do anunciante, algo que certamente dará mais proteção ao usuário. A medida pode ser válida até para compras em sites ou realização de cadastros, porque a pessoa saberá que aquela é uma propaganda validada.

O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Outra funcionalidade é o destaque diante de outros anúncios. Quem tiver o cobiçado selo deverá elevar as taxas de cliques, porque terá essa marca como um diferencial.

Por enquanto, o recurso ainda está em fase experimental e apenas anunciantes convidados podem obter o selo. É provável que o Google expanda o recurso para mais companhias futuramente e deixe claro quais são os requisitos necessários aos interessados em obter a autenticação.