App brasileiro BiPTT é a solução para quem ficou órfão do rádio da Nextel

Por Wagner Wakka | 09 de Março de 2018 às 17h28
photo_camera BiPTT

Conforme anunciado em outubro do ano passado, a Nextel vai desligar definitivamente a sua infraestrutura de Integrated Digital Enhanced Network (iDEN), o que significa a morte de seus icônicos serviços de rádio push-to-talk (PTT). A operadora afirmou que a quantidade de usuários fiéis ao protocolo não é o suficiente para mantê-lo ativo. Felizmente, existe uma saída bem bacana para quem ainda utiliza esse tipo de comunicação (muito comum sobretudo em empresas e cooperativas).

Criado por brasileiros, o BiPTT é um aplicativo para Android que utiliza a internet para simular a experiência de um rádio PTT. A tecnologia empregada no software é conhecida como Push-to-Talk over Cellular (PTToC), que funciona tanto via 3G ou 4G quanto através de uma rede Wi-Fi. O conceito é parecido com o do Voice over LTE (VoLTE), que possibilita a realização de chamadas telefônicas através de dados da rede móvel. Basta abrir o app, selecionar o canal ou contato que você deseja falar e manter o botão virtual pressionado.

Além disso, o BiPTT traz alguns recursos exclusivos bem bacanas para clientes corporativos. Um deles é o de geolocalização — o administrador de uma rede é capaz de ver onde seus colaboradores estão e acompanhar sua trajetória em tempo real (algo útil, por exemplo, para táxis). Além disso, é possível gravar as conversas do rádio para reprodução posterior, algo essencial para momentos em que você precisa se lembrar de algo que estava conversando.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

O BiPTT pode ser encontrado na Google Play, mas, para usá-lo, é necessário firmar um contrato com a companhia que o desenvolve para obter um plano corporativo.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.