Último prego do caixão: MSN Messenger fecha definitivamente as portas

Por Redação | 29 de Agosto de 2014 às 15h30

Você pode não saber, mas o MSN Messenger continuava funcionando e ainda tinha um fio de vida, pelo menos na China. Mas até no país asiático, agora, as pessoas deverão migrar para o Skype, já que a Microsoft anunciou a finalização do processo de transição entre suas plataformas. Depois de 15 anos, o popular mensageiro vai finalmente descansar, de acordo com informações publicadas nesta sexta-feira (29) pelo The Verge.

O fim definitivo está marcado para o dia 31 de outubro, quando o aplicativo deixará definitivamente de funcionar. No Ocidente, porém, a migração de usuários do MSN para o Skype aconteceu em meados do ano passado, quando o serviço deixou de funcionar em todas as suas versões. Para a Microsoft, a migração acontece como uma forma de integrar plataformas redundantes e trazer sua base de clientes para um software mais moderno e, acima de tudo, integrado a tecnologias de voz sobre IP, com venda de créditos e possibilidade de chamadas de voz para telefones fixos e celulares de todo o mundo.

O MSN Messenger foi lançado em 1999 para bater de frente com o AOL Instant Messenger, também chamado de AIM. No Brasil e boa parte do mundo, porém, ele acabou servindo como uma opção mais prática e completa ao ICQ, começando pelo fato de utilizar emails em vez dos tradicionais números do outro mensageiro.

Com o tempo, o software foi ganhando novas versões e funcionalidades – como a de chamar atenção, que tanta gente sente falta hoje em dia, ou os irritantes "winks" que tomavam conta da tela – até se tornar parte integrante da identidade online de muita gente. Foi justamente isso que levou a diversas críticas na mudança para o Skype, um processo com o qual os usuários não tiveram opção a não ser concordar.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.