Publicidade

NVIDIA fecha acordo de US$ 500 milhões em GPUs de IA com a Índia

Por| Editado por Léo Müller | 15 de Janeiro de 2024 às 11h03

Link copiado!

Nvidia
Nvidia
Tudo sobre Nvidia

A NVIDIA fechou um acordo no valor de US$ 500 milhões com a Yotto, empresa indiana, para fornecer GPUs de Inteligência Artificial, acelerando o desenvolvimento do setor de IA no país. O contrato inclui aproximadamente 16 mil unidades de aceleradores H100 e GH200, e reduz o impacto das restrições impostas pelo governo estadunidense sobre exportações para a China.

A Yotto já havia encomendado outras 16 mil GPUs H100, com entrega prevista para julho de 2024, sugerindo que a transação final ultrapasse com certa folga a marca de US$ 1 bilhão. Jensen Huang, CEO da NVIDIA, já havia se reunido com o primeiro-ministro indiano em setembro de 2023, por reconhecer a região como enorme mercado em potencial para a empresa.

Continua após a publicidade

Novo mercado de US$ 14 bilhões até 2030

Com o crescimento do setor de Inteligência Artificial nos últimos anos, a China vinha investindo pesado no segmento. Apenas em 2022, o país investiu cerca de US$ 15 bilhões em IA, entre contratos externos e empresas locais, levando os EUA a criar bloqueio de exportações para frear o desenvolvimento da IA no país.

Isto porque, segundo órgãos de segurança estadunidense, o avanço rápido da IA na China poderia representar uma ameaça de segurança, considerando o eventual risco de ataques virtuais. Com isso, a NVIDIA se viu forçada a criar produtos específicos e bem mais limitados, como versões das RTX 4000 Ada, exclusivas para o mercado chinês.

Continua após a publicidade
O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Frente a essas mudanças, a empresa já começou a buscar outras regiões para incluir a sua carteira de clientes, e a Índia é a escolha mais lógica. Além de estar alinhada às políticas externas dos EUA, o país tem o 5º maior PIB do mundo, de aproximadamente US$ 3,4 trilhões.

Apesar de a região ainda ter um mercado incipiente de IA, a demanda de empresas locais está crescendo, tendo atraído o interesse de Microsoft, Google e Amazon para ampliar seus servidores em nuvem na região. Naturalmente, muitos dos serviços oferecidos por essas gigantes ainda dependem de tecnologias baseadas em infraestrutura NVIDIA.

A projeção é que até 2030, apenas o segmento de IA da Índia esteja avaliado em US$ 14 bilhões, e quanto antes a NVIDIA entrar nesse mercado, mais fácil será sua consolidação na região.

Continua após a publicidade