Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

IA cria comercial de cerveja bizarro que fará você querer parar de beber

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 09 de Maio de 2023 às 15h10

Link copiado!

Reprodução/Private Island
Reprodução/Private Island

Uma produtora de TV de Londres, no Reino Unido, criou uma propaganda para lá de bizarra com inteligência artificial para promover uma marca de cerveja fictícia. A Privateisland.tv usou ferramentas de IA para desenvolver um pequeno vídeo que parece extraído de um filme de terror.

O problema é que as imagens geradas por IA são estranhíssimas, com rostos deformados, objetos flutuantes e efeitos que não fazem o menor sentido. Em certo momento, há pessoas pegando fogo e garrafas que se fundem em copos de cerveja.

Continua após a publicidade

O vídeo de 30 segundos é embalado pela música “All Star”, do Smash Mouth, e mostra pessoas em uma festa. O estilo lembra bastante o adotado por marcas de bebida para divulgar produtos alcoólicos, geralmente associado a churrascos e eventos esportivos.

Sabendo da bizarrice, a própria PrivateIsland brinca na legenda ao dizer que “nenhuma pessoa real aparece no vídeo”. E complementa dizendo que ninguém pode lutar contra o futuro, mas “pode bebê-lo”.

Como foi criada a propaganda com IA

A produtora não disse quais programas usou para chegar ao resultado, mas dá para ter uma ideia. É provável que tenha sido mais de um, afinal não existe uma IA capaz de produzir vídeos tão longos e detalhados.

A aposta dos usuários do Instagram, onde o vídeo foi originalmente publicado, seria a geração de fotos com o Stable Diffusion, cuja capacidade envolve a criação de clipes a partir de imagens estáticas. As imagens estáticas então ganham o movimento distorcido visto no vídeo.

Para fazer a animação, é provável o uso do Runway AI, ferramenta de criação de vídeos curtos a partir de comandos de texto. Assim, você pode juntar vários clipes para formar um conteúdo único como se tivesse sido editado em algum software.

O comercial bizarro de uma pizzaria criado por IA parece fichinha perto desse. Se não fosse a música feliz, talvez esse conjunto de imagens estivesse em algum filme trash.

Por que vídeos gerados por IA são tão esquisitos?

Continua após a publicidade

Embora as IAs de geração de imagem sejam impressionantes, ainda há um longo caminho a ser percorrido. As imagens resultantes normalmente apresentam imperfeições em áreas que exigem detalhes, como mãos e pés.

Já na parte de criação de vídeo, a tecnologia ainda está bem distante de algo realista. Simular a movimentação é algo complexo que animadores profissionais levam meses para fazer. Imagine, então, o quão difícil é para uma IA atuante sem intervenção humana e com poucos segundos para apresentar um resultado.

Mesmo que consigam reproduzir a estética de comerciais de cerveja, simular o ato de uma pessoa beber ou conversar é complicado. Com a aprendizagem de máquina, é possível que chegue algum momento no qual os algoritmos de vídeos conseguirão fazer essa reprodução de modo mais realista, mas isto pode levar muitos meses.

Continua após a publicidade

No caso do Runway AI, por exemplo, já existe uma clara evolução. A segunda geração foi treinada com base em 240 milhões de imagens estáticas e 6,4 milhões de videoclipes. Pode parecer muito em uma rápida olhada, mas ainda é pouco se comparado aos serviços de imagens.

O DALL-E 2, da OpenAI, usou mais de 650 milhões de combinações imagem-texto extraídos da internet para entregar os resultados atuais. Gerar artes e fotografias estáticas é muito mais simples do que vídeos em movimento, razão pela qual existe tanta discrepância.

IAs em alta no mundo

Apesar dos pesadelos que se pode ter à noite, é incrível ver como as IAs já conseguem fazer coisas tão complexas quanto a edição de vídeos. No ano passado, o Google já trabalhava em uma solução capaz de criar vídeos curtos igualmente distorcidos, mas sem o uso de sons.

Continua após a publicidade

Casos envolvendo materiais criados por IA generativa chamaram a atenção do público e provocaram debates. Entre os principais destaques vale citar a "foto" que venceu um concurso de fotografia, as imagens sensuais criadas por IA vendidas no Reddit e a imagem do ex-presidente Donald Trump preso.