Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Google vai exigir aviso sobre uso de IA em propagandas políticas

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 07 de Setembro de 2023 às 10h15

Link copiado!

Sascha Bosshard/Unsplash
Sascha Bosshard/Unsplash
Tudo sobre Google

O Google pretende implementar uma nova regra para anúncios em períodos eleitorais: qualquer propaganda política veiculada nas plataformas da empresa deve informar quando há uso de imagens ou áudios criados por inteligência artificial. A informação é da BBC.

As novas regras devem entrar em vigor a partir de novembro, a um ano das eleições presidenciais dos Estados Unidos. De acordo com um porta-voz do Google em entrevista à BBC, a decisão seria uma resposta “ao crescimento prevalente de ferramentas que produzem conteúdo sintético”.

Nesse cenário, todo anúncio com material gerado por artificial que representa uma pessoa ou um evento real precisa ter um aviso destacado sobre o uso de “conteúdo sintético”. O Google recomenda alguns avisos como “esta imagem não representa eventos reais” ou “este conteúdo em vídeo foi gerado de forma sintética”.

Continua após a publicidade

As políticas de anúncios do Google já incluem uma série de restrições sobre desinformações e fake news, mas não havia uma abordagem específica para criações com IA generativa. Isso se aplica a imagens geradas por IA — como foi o caso de fotos virais com Donald Trump sendo preso — e o uso de deepfakes em vídeos.

Google também desenvolve ferramenta para identificar imagens por IA

Além das regras, o Google também trabalha para facilitar a identificação de conteúdo gerado por IA. A subsidiária DeepMind anunciou a tecnologia SynthID, capaz de funcionar como uma espécie de marca d’água invisível e sinalizar quando uma imagem foi criada por inteligência artificial.

Fonte: BBC