Indústria da beleza aposta na inteligência artificial e realidade aumentada

Por Natalie Rosa | 01 de Junho de 2019 às 10h45
Reprodução

Grandes marcas de cosméticos estão apostando na tecnologia para divulgar e vender seus produtos. Empresas de renome já investem na realidade aumentada e inteligência artificial para ganhar destaque no mercado.

Guive Balooch, vice-presidente global da incubadora de tecnologia da L'Oreal, conta que a inovação trouxe um novo tipo de cliente, muito mais exigente. "Elas querem produtos mais personalizados e precisos, e nós temos que responder", revela o executivo.

Inteligência artificial para a melhor escolha

Balooch explica que 50% das mulheres reclamam que não conseguem encontrar o melhor tom de base para suas peles, principalmente quanto o assunto é pele negra. Então, em vez de colocar à venda diversas cores diferentes de um produto, a Lâncome, subsidiária da L'Oreal, criou uma máquina que faz uma base personalizada. Batizada de Le Teint Particulier, a inteligência artificial é capaz de oferecer o tom perfeito para a pele da cliente.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.
Le Teint Particulier (Imagem: Reprodução)

A captura da tonalidade da pele é feita com um instrumento de mão pelo próprio vendedor, funcionando como se fosse um scanner. Então, os resultados são transferidos para um computador, que usa um algoritmo para escolher entre 20 mil cores diferentes. Na sequência, a máquina cria o produto. Tudo isso dentro da loja.

Inicialmente, a tecnologia está disponível apenas em uma loja do Reino Unido, mas acredita-se que a demanda por cosméticos personalizados cresça rápido, segundo estudo de mercado da empresa de pesquisas Mintel.

Provador de realidade aumentada

A realidade aumentada pode ser usada para ajudar a cliente a escolher os produtos, como vem fazendo a Sephora. Com o software Virtual Artist, é possível experimentar milhares de tons de batom e sombra diretamente de seus smartphones, já no quiosque da loja.

Visual Artist (Imagem: Reprodução)

O app funciona com a medição dos lábios e olhos da cliente em tempo real e rastreando os pontos característicos do rosto para descobrir onde a maquiagem será aplicada. O sistema ainda faz a orientação com tutoriais e combinações de tons à cor da pele.

Segundo a Sephora, mais de 200 milhões de tonalidades foram testadas com o serviço, que está na ativa desde 2016. Especialistas dizem que o Visual Artists não é 100% preciso, mas que as ferramentas são de grande ajuda.

O Visual Artist, inclusive, pode ser baixado no seu smartphone.

Outra tendência que está sendo colocada em prática é a da e-makeup. Com inspiração nos filtros de realidade aumentada do Snapchat, esses artistas disponibilizam estilos de maquiagem para serem baixados e testados virtualmente:

Ver essa foto no Instagram

🌸 3D makeup birthday present for @lilmiquela 🌸 Thank you so much for supporting my art 💜

Uma publicação compartilhada por ines alpha (@ines.alpha) em

A maquiagem digital não é nada que seria usado no dia a dia, existem apenas brincar com a tecnologia disponível hoje e se divertir nas redes sociais.

Skin care inteligente e maquiagem impressa

Você pode imaginar que deixar um robô fazer a sua maquiagem já é demais e completamente inviável. Porém, a P&G apresentou nada menos que uma impressora de maquiagem na última CES 2019.

Uma espécie de "varinha" chamada Opté faz a varredura da pele, aplicando pequenas quantidades de maquiagem para esconder manchas da idade, estourar vasos sanguíneos, entre outros detalhes. O aparelho conta com uma câmera embutida que captura 200 frames por segundo, enquanto um microprocessador analisa os dados para diferenciar áreas iluminadas das mais escuras.

Opté (Imagem: Reprodução)

Também existe outra opção da empresa Seymour Powell, que apresentou uma impressora capaz de passar a maquiagem em um rosto baseada em imagens baixadas da internet.

Élever (Imagem: Reprodução)

A empresa planeja lançar o produto do ano que vem.

Outra novidade para a pele é o espelho inteligente HiMirror, criado pela empresa New Kinpo, em Taiwan. Ele é um sistema que faz a avaliação da sua pele para descobrir quais são os aspectos que precisam ser tratados.

HiMirror (Imagem: Reprodução)

A cada vez que o usuário faz o login, o programa captura uma foto, escaneando rugas, pontos vermelhos, poros, linhas e nível de brilho. Em seguida, é feita a classificação desses fatores com "bom" ou "ruim", e o sistema envia dicas personalizadas e recomendação de produtos.

A empresa Olay também possui um serviço semelhante chamado FutureYou Simulation. Com o recurso baseado em realidade aumentada, os usuários podem conferir como a pele do seu rosto e a sua aparência ficarão no futuro.

FutureYou Simulation (Imagem: Reprodução)

Tudo indica que o uso da tecnologia na indústria da beleza tende a crescer ainda mais, principalmente com a facilidade com que podemos ter acesso a recursos baseados em realidade aumentada e inteligência artificial hoje.

Fonte: BBC

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.