IFA 2018 | Huawei revela Mate 20 Lite com Kirin 710 e câmera frontal dupla

Por Jessica Pinheiro | 31 de Agosto de 2018 às 13h06
Tudo sobre

Saiba tudo sobre Mate 20 Lite

Ficha técnica

A Huawei foi até a IFA 2018 para anunciar seu mais novo smartphone. Mas antes que você se empolgue, não, não foi o Mate 20. Ao invés dele, a companhia resolveu apresentar o Mate 20 Lite.

A companhia explicou que decidiu lançar a versão Lite antes do próprio Mate 20 para exercitar a imaginação e curiosidade das pessoas em torno da versão padrão — apesar de a gente acreditar que não faz muito sentido comprar um smartphone que em breve terá sua posição roubada por um modelo melhor. Mas enfim, foi esse o argumento.

O novo aparelho intermediário oferece tela de 6,3 polegadas Full HD+ com 2340 x 1080 pixels de resolução e proporção 19.5:9. A configuração de câmera traseira é equipada com uma dupla de sensores de 20 megapixels (f/1.8) e 2 megapixels – esta última é focada em capturar a profundidade nos retratos. Na parte da frente, outra dupla de câmeras de 24 megapixels (f/2.0) e 2 megapixels se responsabilizam pelas capturas de selfie.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.
(Imagem: Android Central)

Fora isso, o novo smartphone da fabricante chinesa vem equipado com 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento interno, expansível até 256 GB via cartão microSD. O chipset é um Kirin 710 (4xA73 @ 2.2GHz + 4xA53 @ 1.7GHz) e o sistema operacional é o Android Oreo 8.1 com interface de usuário EMUI 8.2.

O smartphone possui sensores de impressão digital, proximidade, luz ambiente, compasso digital, giroscópio, de aceleração e sensor de efeito Hall (SNE-LX1) para acender a tela do dispositivo automaticamente caso o usuário use capinhas ao estilo “carteira”. Por fim, a bateria do Mate 20 Lite é de 3.750 mAh.

O Mate 20 Lite chegará ao Reino Unido no início de outubro, custando £ 379, o que convertido para reais chega a aproximadamente R$ 2.030, sem acréscimo de impostos pela importação. Ainda não se sabe quando o aparelho irá chegar aos Estados Unidos ou Austrália, tampouco no Brasil.

Fonte: CNET, Android Central

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.