Snapdragon 865+ não será lançado em 2020, diz executivo da Meizu

Por Felipe Junqueira | 23 de Abril de 2020 às 09h30
Tudo sobre

Qualcomm

Saiba tudo sobre Qualcomm

Ver mais

Apesar dos rumores, pode não haver um Snapdragon 865+ este ano. Ao menos é o que afirmou categoricamente o diretor-executivo da Meizu, Wan Zhiqiang, em resposta a um usuário da rede social chinesa Weibo. A fabricante chinesa se prepara para o lançamento do Meizu 17, segundo especulações.

O executivo respondeu a diversas perguntas feitas por usuários da plataforma. Em uma delas, escreveu simplesmente que “não haverá Snapdragon 865+ este ano”. A plataforma seria uma espécie de atualização do chip topo de linha da companhia, que já abriga, entre outros, o OnePlus 8, o Mi 10 e o recém-anunciado Motorola Edge+.

"Não haverá Snapdragon 865+", diz executivo da Meizu (Imagem: Reprodução/eibo)

Curiosamente, os rumores nasceram justamente no Weibo, por meio do perfil Digital Chat Station, que tem boa taxa de acertos. De acordo com o informante, a Qualcomm lançaria o novo chipset no terceiro trimestre de 2020. A negativa de Zhiqiang sobre essa possibilidade tem taxa de confiança bem maior, já que, teoricamente, sua empresa tem contato direto com a Qualcomm e poderia ter interesse no processador.

Não descartamos algum tipo de mal-entendido, é claro. O executivo foi bem claro em sua colocação, e não há muita margem para interpretar a frase de outra maneira. Mas só podemos ter certeza caso a própria Qualcomm se manifeste sobre o assunto, o que dificilmente ocorrerá até que o (agora improvável) anúncio seja feito.

Novo flagship chinês

Suposta foto real do Meizu 17 (Foto: Reprodução/Weibo)

O Meizu 17 será anunciado oficialmente no dia 8 de maio, segundo o perfil oficial da marca na rede social chinesa. Já há rumores sobre o dispositivo e algumas imagens vazadas na internet (acima).

De informação oficial, a companhia já confirmou que o aparelho terá um modem X55 com suporte ao 5G, e imagina-se que será equipado com o Snapdragon 865. Espera-se, ainda, que o aparelho tenha tela com taxa de atualização de 90 Hz e bateria de 4.500 mAh, além de suporte ao Wi-Fi 6.

Fonte: MyDrivers.com, Weibo

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.