Snapdragon 820 pode ser exclusivo da Samsung até abril de 2016

Por Redação | 17.12.2015 às 12:47

O Snapdragon 820 foi anunciado este ano como a nova geração de chipset topo de linha da Qualcomm e a expectativa em relação ao seu desempenho é alta. Mas parece que a Samsung será a única empresa a usar o novo processador em um dispositivo móvel, pelo menos até abril de 2016.

Rumores apontavam para o próximo Samsung Galaxy S7 como o primeiro a ser alimentado pelo novo Snapdragon, mas o novo boato levaria a parceria entre a empresa sul-coreana e a fabricante de chipsets a outro nível, o de exclusividade.

Aparentemente, a Samsung teve uma participação muito ativa na fabricação do Snapdragon 820, cedendo até mesmo suas fábricas e ajudando o processador a não superaquecer, como acontece com o 810. Em troca disso, os rumores dizem que a Samsung ganhou acesso exclusivo ao novo processador até o lançamento do Galaxy S7.

No entanto, esta é uma perspectiva intrigante para ambas as empresas. A Qualcomm naturalmente precisa do Snapdragon 820 para ter sucesso e poderia ser grata à Samsung por isso. Mas tornar o chip exclusivo para a fabricante sul-coreana durante quatro meses pode ser uma decisão suicida, pois pode fazer com que os clientes procurem outras alternativas.

O Snapdragon 820, que está ganhando algumas das pontuações mais altas em benchmarks preliminares, foi colocado em pé de igualdade com o processador do iPhone 6s Plus, atualmente considerado o mais poderoso do mercado.

De acordo com a Qualcomm, o resultado foi obtido por meio de seu processo de fabricação de 14 nanômetros. Isso também permitiu que o Snapdragon 820 funcionasse com 30% menos energia, algo bastante notável para um dispositivo que, pela primeira vez, chega com uma arquitetura de 64-bit.

Via Slash Gear