Samsung pode ultrapassar Intel e se tornar a maior fabricante de chips do mundo

Por Redação | 05.07.2017 às 13:42 - atualizado em 05.07.2017 às 14:04

A Samsung pode estar perto de ultrapassar a Intel e se tornar a maior fabricante de chips do mundo. A sul-coreana deve superar ainda neste trimestre fiscal a concorrente, e o principal motor que impulsiona esse crescimento tem sido a alta demanda de chips de memória, fazendo com que a Samsung atinja uma receita de US$ 15 bilhões, superando os US$ 14,4 bilhões da Intel.

A Intel vem se mantendo no topo deste mercado desde 1993 quando lançou os processadores Pentium. A Samsung, que, na época, ocupava o sétimo lugar do ranking, também está se beneficiando agora com as mudanças do mercado, que agora demanda mais DRAM e chips para SSDs, fazendo com que o mercado para esses chips seja ainda maior do que o de semicondutores para processadores.

A Samsung começou a apostar em semicondutores em 1983, sob a administração de seu fundador, Lee Byung-chul. Seu terceiro filho, Lee Kun-hee, assumiu a direção da companhia em 1987, investindo ainda mais pesado no segmento. A empresa seguiu crescendo até ocupar o segundo lugar mundial em 2006. Mais de 10 anos depois, a Samsung começa a ameaçar a soberania da Intel.

Além de vencer a líder do mercado de chips, a Samsung também verá sua receita crescer, devendo atingir os US$ 63,6 bilhões com semicondutores, enquanto a Intel deve somar um total de US$ 60,5 bi.

Fonte: KoreaTimes