Qualcomm revela que seu chipset XR1 é o segredo do Google Glass 2

Por Rafael Rodrigues da Silva | 30 de Maio de 2019 às 10h49
Tudo sobre

Qualcomm

Saiba tudo sobre Qualcomm

Ver mais

Na semana passada, a Google anunciou o Glass Enterprise Edition 2, substituto do Google Glass feito especialmente para uso corporativo e que é mais rápido e funciona por mais tempo do que o modelo anterior. E um dos motivos para isso foi revelado pela Qualcomm: o Glass 2 utiliza o Snapdragon XR1.

Segundo a empresa, o chipset já possui não apenas uma unidade central de processamento (CPU), mas também uma unidade de processamento de gráficos (GPU) e a engine para IAs da Qualcomm, o que permite que o Glass 2 opere de maneira ainda mais rápida e consumindo uma quantidade menor de carga da bateria.

O XR1 foi desenvolvido pela Qualcomm para uma experiência de alta performance em dispositivos móveis, e o Google Glass 2 é um exemplo de como o componente pode otimizar todo um sistema. Por suas características, ele consegue cuidar praticamente sozinho de todo o complexo processamento necessário para aplicações de realidade aumentada, com potencial de facilitar o serviço de diversos trabalhadores em praticamente todas as áreas da indústria.

Fonte: Qualcomm

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.