CPUs personalizadas podem ser a resposta da Qualcomm contra o Apple M1

Por Diego Sousa | 05 de Fevereiro de 2021 às 13h45
Qualcomm
Tudo sobre

Qualcomm

Saiba tudo sobre Qualcomm

Ver mais

Em janeiro, a Qualcomm anunciou a aquisição da fabricante de CPUs personalizadas Nuvia para levar suas tecnologias aos processadores Snapdragon para "smartphones premium, laptops da próxima geração e outros produtos". Mesmo que a empresa ainda não tenha revelado nenhum planejamento sobre quando eles farão a integração, as expectativas estão bastante altas.

De acordo com jornalistas ouvidos pelo site alemão WinFuture, a aquisição da Nuvia pela Qualcomm deixou claro que a empresa não pretende continuar usando as CPUs desenvolvidas pela ARM por muito tempo, mas sim responder à altura contra o chip da Apple M1 com a adoção de núcleos customizados.

Assim como a Apple, que lançou em 2020 seus primeiros notebooks com arquitetura ARM desenvolvida pela própria empresa, a Nuvia também possui uma licença da arquitetura, o que possibilita a Qualcomm de usar as tecnologias da nova subsidiária para criar suas próprias CPUs personalizadas, abandonando os núcleos Cortex.

Segundo rumores, a fabricante já desenvolve um concorrente do M1 sob o código de modelo Snapdragon SC8280. O chip estaria sendo testado em uma máquina de 14 polegadas e suportaria até 32 GB de RAM e modem 5G, características que o Apple M1 não possui.

(Imagem: Divulgação/Apple)

Durante entrevista na Snapdragon Summit Digital 2020, em dezembro passado, o vice-presidente sênior da Divisão Mobile da Qualcomm Alex Katouzian revelou que a empresa prepara "coisas ainda melhores" que o chip M1 para o futuro, mas não especificou o quão longe esse "futuro" estaria.

Fato é que a mudança da Qualcomm para as CPUs ARM customizadas, se confirmada, terá um grande impacto no desempenho de laptops, assim como o Apple M1 representou no final de 2020. Mas a disputa será interessante.

Fonte: WinFuture  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.