Breath of the Wild tem mecânica incrível que só foi descoberta agora

Breath of the Wild tem mecânica incrível que só foi descoberta agora

Por Lucas Arraz | Editado por Bruna Penilhas | 29 de Novembro de 2021 às 16h52
Reprodução/YouTube/PostposterousYT

Mesmo lançado em 2017, The Legend of Zelda: Breath of the Wild continua surpreendendo. Após jogadores revelarem uma nova forma de aproveitar as Spicy Peppers para ir ainda mais alto com os planadores, uma nova descoberta mostrou uma mecânica até então inédita envolvendo o clima do game.

Se durante a aventura, Link passar muito tempo em áreas mais quentes e com temperaturas elevadas, como é o caso de Gerudo Desert, o corpo do herói mostrará queimaduras de sol. O protagonista ganhará um leve rubor no corpo, como uma vermelhidão muito sutil nos ombros, nariz, bochechas e clavículas.

A Nintendo limitou o efeito do sol no corpo do personagem, então a camada de queimadura na pele não ultrapassa 4% de alteração da pele de Link. No entanto, mods criados pela comunidade acabaram com o limite e transformaram o herói em alguém que nunca mais vai esquecer o protetor solar. Nas modificações, Link ganha uma camada de pele muito mais queimada. Confira um vídeo que mostra o resultado das modificações:

Os efeitos do clima não atingem Link apenas no calor. Em áreas gélidas, existe uma mecânica de congelamento moderada.

The Legend of Zelda: Breath of the Wild está disponível para Nintendo Switch e Wii U. A sua sequência, ainda tem título oficial, tem previsão de lançamento para 2022.

Fonte: NintendoLife

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.