Um dos maiores recordes de Donkey Kong foi conseguido com "cheat"

Por Wagner Wakka | 12 de Abril de 2018 às 17h38

Um dos maiores reinados do Donkey Kong caiu nesta quinta-feira (12). Billy Mitchell foi considerado por anos o recordista em pontos do arcade jogo de estreia do bigodudo Mario (que, na época, nem levava este nome ainda). Mas Mitchell não perdeu a coroa por que alguém bateu seu recorde. Depois de investigações, o nome dele foi tirado do hall da fama por conta de trapaças denunciadas e confirmadas.

A Twin Galaxies, organização que notifica e reconhece recordes de jogos pelo mundo, tirou todos os recordes de Billy Mitchell de seu site oficial. Com isso, a marca de 1.062.800 pontos no jogo não passa mais a ser considerada. O caso começou em 28 de setembro do ano passado quando um membro do fórum do Twin Galaxies, Jeremey Young, abriu uma disputa pelo recorde, acusando Mitchell de ter usado um emulador para fazer a pontuação. Na análise de Young, as imagens apresentadas como prova mostram um tipo de transição entre as telas que não acontece nas versões originais de arcade, mas somente com a utilização de emuladores.

“A afirmação de Jeremy conclui que não só o hardware de arcade Donkey Kong original não produz as imagens de transição mostradas nas gravações, mas que essas transições foram realmente geradas através do uso de MAME (software de emulação)”, explica a nota oficial do site.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Ao ser provado que o jogador utilizou um emulador para isso, seu recorde não pode mais ser considerado na lista de Donkey Kong original de arcade. O grupo também notificou o Guinnes para retirada do nome de Mitchell da lista.

"Do ponto de vista do Twin Galaxies, a única coisa importante a saber é se a pontuação vem de arcade original [Donkey Kong (DK)] não modificado [com placa de circuito impresso (PCB)] de acordo com as regras competitivas. Agora, acreditamos que eles não são de um PCB de arcade DK original e não modificado e, portanto, nossa investigação da fita termina com essa conclusão e afirmação", diz o comunicado.

A utilização de emuladores dá ao jogador uma série de ferramentas como salvamento a todo instante, o que não existe nos arcades originais.

A disputa pelo título de recordista do game ganhou projeção por conta do documentário The King of Kong. O longa lançado em 2007 conta a disputa entre Mitchell e Steve Wiebe pelo recorde do arcade de Donkey Kong. A trama já trazia uma suspeita da integridade de Mitchell quando ele se nega a bater o recorde de Wiebe ao vivo, mas manda uma fita VHS para comprovar sua pontuação maior.

Nem Mitchell, nem Wiebe são os maiores recordistas do game atualmente. A realeza hoje pertence a Robbie Lakeman com 1.247.700 pontos no game.

Fonte: Twin Galaxies

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.