Sucesso de Fortnite faz com que o game seja usado como isca para golpes virtuais

Por Wagner Wakka | 06 de Agosto de 2018 às 23h50

Um dos maiores sucessos dos games da atualidade, Fortnite agora é alvo de hackers no mundo todo. Um levantamento da ESET, empresa voltada à detecção de ameaças na internet, mostra que há vários tipos de golpes diferentes relacionados ao título da Epic Games, entre eles aplicativos falsos para obtenção de vantagens, um golpe que oferece instalação do jogo para Android, até pessoas mal intencionadas que prometem que vão ajudar o usuário a avançar no jogo, mas roubam a conta da vítima.

As principais questões que fazem de Fortnite tão visado pelos hackers, como explica a ESET, são o sucesso do título e a disponibilidade ainda exclusiva para o iOS. Como o jogo ainda não saiu para o sistema operacional da Google, os golpistas aproveitam para criar links falsos com a promessa de que é possível instalar o game para Android.

Contudo, é importante salientar que Fortnite só chegará no final de setembro na GooglePlay, após o fim do prazo de exclusividade com o Samsung Galaxy Note 9. Ou seja: até esta data, não acredite em links que prometem a instalação do jogo para outros sistemas e aparelhos.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Os principais golpes, contudo, acontecem em versões em inglês de tutoriais feitos na internet que “ensinam” a instalar o jogo. A maioria deles usa a descrição de uma APK falsa com proposta de fazer usuário clicar nos links da descrição do vídeo e seja infectado com um malware. Nem mesmo esta opção “pirata” de Fortnite é possível, sendo apenas uma tática para atrair vítimas do golpe.

No caso apresentado por um dos técnicos da ESET em vídeo publicado no Twitter, o vírus começa a enviar várias mensagens em SMS e push para download de outros programas falsos. Além disso, na tela de “login” do jogo, o app informa que é preciso compartilhar o vídeo do YouTube para se conectar. Após todo este trâmite, o programa apenas dá erro e reinicia o processo.

No PC

Já para os jogadores do PC, há uma outra porta de entrada para os apps maliciosos: são os porhacks. Estas são tentativas dos usuários em tentar conseguir vantagens no jogo multiplayer de forma ilegal. Aqui, tais vantagens vão desde itens extras, até procura por como conseguir mais V-bucks (moedas do jogo) sem precisar jogar ou pagar por isso.

O resultado é que, ao tentar fazer este tipo de ação, o jogador acaba por infectar seus computadores e com problemas que vão desde recebimento de anúncios constantes até ter a conta efetivamente roubada.

Outra técnica com que pessoas maliciosas tentam pegar as credenciais de acesso de usuários é com promessas de que vão ajudar os jogadores a melhorar seus personagens. Um dos casos mais recentes é o de um garoto norte-americano chamado Jake que teve seu personagem roubado por uma pessoa que o convenceu a ceder suas credenciais no game. Jake tinha gastado cerca de 300 dólares naquela conta e perdeu tudo com esta ação. Algumas pessoas maliciosas, sabendo do investimento, passam a cobrar um resgate para devolver a conta ao dono, transformando o golpe em um crime de extorsão.

No caso de Jake, ainda, o cartão de crédito de sua mãe estava atrelado à conta e poderia ter sido usado para compra de produtos dentro do jogo. Por fim, como o garoto usava mesma senha e usuário para seu Gmail, o criminoso conseguiu acesso também a informações pessoais do menino.

Para evitar este tipo de problema, vale lembrar que é sempre importante baixar programas apenas em lojas oficiais ou parceiras destes títulos, e evitar programas terceiros. Ainda, não forneça seus dados pessoais para pessoas desconhecidas, por mais bem intencionadas que pareçam ser.

Por fim, como trapacear no jogo é proibido, o usuário pode não só correr o risco de expor sua segurança, bem como a própria Epic Games pode banir o jogador por ações ilegais na plataforma.

Fonte: ABC News

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.