Sony planeja incluir Crunchyroll na PS Plus, diz site

Sony planeja incluir Crunchyroll na PS Plus, diz site

Por Lucas Arraz | Editado por Bruna Penilhas | 10 de Agosto de 2021 às 16h17
Sony

O serviço de assinatura PlayStation Plus pode receber uma grande novidade no PlayStation 4 e no PlayStation 5. De acordo com o site Eurogamer, a Sony planeja incluir a assinatura da Crunchyroll como benefício do serviço.

A ideia de trazer o catálogo de animes vem na tentativa de criar um serviço de assinatura sólido como o Xbox Game Pass da concorrente Microsoft.

Os primeiros rumores da inclusão de animes na PS Plus foram reportados quando a Sony anunciou a compra da Funimation e agora voltaram com a conclusão da aquisição da Crunchyroll pela empresa. A japonesa confirmou a compra do Crunchyroll da AT&T por US$ 1,175 bilhão — cerca de R$ 6,16 bilhões na cotação atual — nesta segunda-feira (09).

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

O novo benefício para assinantes da PS Plus passaria por uma estratégia de unificar os serviços de assinatura da Sony. A Crunchyroll faria parte de uma opção de assinatura mais cara do PlayStation Plus, segundo o Eurogamer.

"Com a Crunchyroll e a Funimation, estamos comprometidos em criar a melhor experiência em anime para os fãs e apresentar uma oportunidade única para os nossos principais parceiros, editores e criadores imensamente talentosos de continuar a entregar seu conteúdo magistral para o público em todo o mundo”, declarou Tony Vinciquerra, executivo da Sony. “Nosso objetivo é criar uma experiência de assinatura de anime unificada o mais rápido possível”, completou.

PS Plus de agosto tem Hunter’s Arena, Plants vs. Zombies e mais (Imagem: Divulgação)

Dados divulgados pelo Crunchyroll na semana passada apontavam que o serviço tinha mais de 5 milhões de assinantes, além de 120 milhões de usuários registrados em mais de 200 países. Com um modelo de negócio que permite assistir a animes de graça com propagandas, a plataforma é a mais popular dentro de seu nicho.

Fonte: Eurogamer, Comic Book

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.