O que é Axie Infinity e como o jogo está movimentando a economia mundial

O que é Axie Infinity e como o jogo está movimentando a economia mundial

Por Alveni Lisboa | Editado por Douglas Ciriaco | 24 de Julho de 2021 às 09h00
Axie Infinity/Twitter

Já pensou em ganhar de R$ 2 mil a R$ 6 mil para jogar videogame entre 3 e 5 horas diárias? Parece papo de marqueteiro tentando vender produto, um sonho para a maioria, mas isso está cada vez mais próximo de se tornar realidade.

Com os NFTs e seus leilões milionários em alta, inúmeras oportunidades se abrem para os empreendedores digitais. Além do uso para comércio de obras de arte, os Non-Fungible Tokens também encontram nos games um importante refúgio. Hoje, o principal expoente desta revolução é um simpático jogo chamado Axie Infinity.

Os personagens são diferentes e possuem habilidades exclusivas (Imagem: Reprodução/Sky Mavis)

Com uma aparência bonitinha e até infantil, o Axie Infinity é uma mistura de Pokémon com Magic (ou Hearthstone). Mas não se deixe levar pelo visual: o game exige estratégia, perícia e muito estudo.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

O seu grande diferencial é a proposta que vai além de uma simples diversão: a possibilidade de ganhar (muito) dinheiro. Como a plataforma é 100% baseada em blockchain, toda a economia está voltada para as transações via rede da Ethereum. Cada Axie é, na verdade, um NFT com identificação única e características próprias.

Nas Filipinas, onde o título é mais popular, há relatos de famílias inteiras vivendo exclusivamente da renda gerada pelo game. Essa explosão é repercutida em outros países, em especial naqueles cujo salário dos trabalhadores em geral é insuficiente para levar uma vida digna, o que inclui o Brasil.

Funcionamento do Axie Infinity

O Axie Infinity não tem enredo nem uma construção de background de personagens: tudo se resume a colocar bichinhos, que lembram baiacus voadores, para batalhar contra monstros no modo Aventura ou contra outros players no modo Arena. O que poderia ser um defeito é, na verdade, um dos trunfos, porque assim o foco fica concentrado na ação.

Tudo começa com a montagem do time. É preciso conhecer os nove tipos disponíveis e seus poderes: planta, réptil, água, besta, pássaro, mecânico, inseto, crepúsculo e alvorecer. Assim como em Pokémon, eles têm forças e fraquezas que determinam quantidade de dano recebida.

Existem centenas de combinações possíveis para cada Axie (Imagem: Captura de tela/Canaltech)

Além disso, existem partes do corpo específicas e elas precisam combinar com o tipo do Axie e as características da sua equipe. Por exemplo: o chifre de estrela-do-mar fica bom para bichos do tipo aquático, mas é ruim para um tipo planta, enquanto o rabo de pena é melhor aproveitado em pássaros do que em bestas.

Essas partes conferem habilidades próprias e se transformam em cartas, usadas para atacar o oponente. Simultaneamente, há outras características, como olhos, boca e orelhas, que vão impactar nos status (saúde, velocidade, habilidade e moral). Somado a tudo isso, existe uma barra de energia que precisa ser gerenciada com muita sabedoria.

Essa é a tela de batalha do game (Imagem: Captura de tela/Canaltech)

Cada tipo é usado para uma finalidade diferente. Plantas costumam ter vida elevada, por isso são ótimos escudos para amortecer os ataques iniciais mais fortes, razão pela qual elas ficam posicionadas à frente do grupo. Pássaros e peixes são mais empregados para finalizar adversários, porque têm combos fortíssimos, então esses tipos costumam ficar na retaguarda. No meio, em geral, há bestas, répteis e outros tipos que são usados para atacar, defender, modificar características (seus e dos seus adversários) ou como suporte.

Portanto, não basta procurar por um pássaro com dano massivo se a velocidade dele for ruim. Da mesma forma, de nada adianta ter uma planta com muita rapidez e pouca vida. Para ter sucesso, é preciso montar um time balanceado.

Como começar a jornada

São necessários ao menos três bichinhos para se aventurar no game. Aí é que a coisa parece complicar, porque os monstrinhos mais baratos estão custando a partir de US$ 200,00 (cerca de R$ 1.000) pela cotação atual. Se você precisa de três deles, pode se preparar para gastar em torno de R$ 3.500 a R$ 5.500 — isso para montar um time bem “meia boca”.

Esse valor funciona como um investimento tradicional em criptomoeda: você compra o Axie por um preço, ele valoriza e você pode vendê-lo a qualquer momento — mas essa não é a única, nem a mais interessante, forma de se ganhar dinheiro no game.

O jogo tem um sistema de “farm”, no qual o jogador completa desafios para coletar tokens chamados Smooth Love Potions (SLPs). Esses itens só têm duas funções atualmente: criar mais lutadores por meio do cruzamento entre eles ou serem vendidos em troca de dinheiro.

Juntar SLPs é o que faz com que muita gente tenha uma renda mensal fixa (Imagem: Reprodução/Binance)

Todos os dias, o jogador consegue obter até 150 SLPs somente por cumprir as metas e lutar contra os monstros na Arena. Hoje, cada SLP está variando entre R$ 1,50 e R$ 1,80, então dá para considerar o menor valor e fazer um cálculo rápido. Se você conseguir farmar os 150 SLPs todos os dias, terá acumulado 4.500 no final do mês. 

Fazendo as contas, nota-se que é possível acumular R$ 6.750 em um mês. No início, é bem difícil conseguir os 150 diários, mas com o passar do tempo a missão fica mais fácil.

Investimento inicial não é barreira

Com um salário mínimo de R$ R$ 1.100 no Brasil, pouca gente conseguiria ter acesso a uma quantia mínima para investir no game. Isso poderia ser um empecilho, mas, na verdade, não é.

Para contornar esse problema, os investidores do game, como apoio da desenvolvedora Sky Mavis, criaram uma coisa chamada Scholarship, apelidado no Brasil de “Escolinhas”. Essas escolas são contas secundárias criadas com outros três Axies exclusivamente para farmar SLPs. Como só é permitido o uso de uma única conta por pessoa, quem tem muita grana acaba pagando para que outras pessoas joguem por ela. 

A Yield Guild Games é a maior Scholarship do Axie Infinity (Imagem: Captura de tela/Canaltech)

Em geral, as Scholarships têm condições específicas para entrada, com um processo seletivo com análise de conhecimento, disponibilidade de tempo, afinidade com games online e, claro, uma imensa lista de espera.

As escolinhas também têm processos diferentes para repartir os lucros. Algumas fazem o esquema de 50-50, em que metade do valor arrecadado em SLPs fica para o aluno e a outra vai para o dono da conta. Em outras, esse percentual pode variar (30-70, 40-60 e até 20-80), juntamente com regras de comprometimento. Se você disser que consegue obter 1.050 SLPs por semana e não o fizer, provavelmente vai ter alguma punição, que pode ser até o descredenciamento da conta.

Versão em alfa

Desde a semana passada, o servidor do game sofre com muita instabilidade, fruto de um ataque inicial de DDoS somado com o crescimento absurdo de jogadores. Para se ter uma ideia: no começo de junho, o pico havia sido de 60 mil players simultâneos; em meados de julho, esse número saltou para 800 mil pessoas conectadas.

Novos visuais, partes de Axies e monstros ainda devem chegar (Imagem: Reprodução/Sky Mavis)

É claro que isso fez com que o sistema ficasse instável durante dias — e ainda está assim. O game usa um sistema descentralizado e vinculado a servidores com blockchain, algo ainda pouco usual, por isso resolver essas questões é bem mais complicado do que apenas instalar mais dezenas de outras máquinas dedicadas.

Segundo Trung Nguyen, cofundador do Axie Infinity, somente na semana do dia 15 de julho, o protocolo Axie gerou mais taxas do que a Ethereum e Bitcoin no mercado. Em um único mês, o game lucrou mais de US$ 85 milhões (R$ 425 milhões).

Protocolo Axie produziu receitas mais altas que Bitcoin, Ethereum e outras criptomoedas

Tudo isso é considerado um sucesso estrondoso, principalmente por se tratar de um game que ainda está em versão alfa. Muitas novidades estão em desenvolvimento para criar um ecossistema mais rico dentro do game, como terras para comprar, itens e outras coisas. Estão previstas ainda mudanças no sistema de batalha, novas partes de Axies e remodelações visuais.

O jogo está disponível para desktops (PC e Mac) e para Android. Há uma versão para iOS, mas ela está em versão de testes e sem vagas para novos experimentadores.

O certo é que o fenômeno Axie Infinity está conquistando jogadores de todo o mundo. Você já conhece o game? Conseguiu uma conta em uma Scholarship ou colocou dinheiro próprio? Compartilhe sua experiência com o Canaltech.

 

 

 

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.