Mercado de games agora vale mais que indústrias de música e cinema juntas

Por Wagner Wakka | 25 de Fevereiro de 2021 às 16h20
Reprodução

Um novo estudo da TechNET Immersive apontou que a indústria de jogos está avaliada em US$ 163,1 bilhões. Com isso, o setor é responsável por mais da metade do valor da indústria de entretenimento, confirmando a já conhecida estatística de que é maior que o mercado de cinema e música juntos.

Pelo relatório, são 2,5 bilhões de jogadores em todo mundo, com a China representando um quinto do total. O trabalho não detalha a parcela de brasileiros nisso.

O mercado viu alto crescimento em 2020, por conta da pandemia. A estimativa do mesmo estudo é de que o setor estivesse avaliado em US$ 152 bilhões em 2019. “É difícil saber o quanto a COVID-19 impactou na indústria de entretenimento. Mas uma coisa é clara: com cinemas, teatros, shows e eventos esportivos fechados em todo mundo, parece que, para muita gente, os jogos se tornaram a primeira forma de entretenimento”, aponta Curtis Bailey, diretor de desenvolvimento da TechNET.

Não só a demanda aumentou, mas também os salários dos trabalhadores. Segundo o levantamento, 69% dos entrevistados no trabalho tiveram aumento em 2020. Contudo, 16% disse ter tido redução por conta de menos horas trabalhadas durante a pandemia.

O trabalho foca em funcionários da indústria de games no Reino Unido e mostra que a maioria desenvolve para smartphones (37%), seguido de PlayStation (27%) e Xbox (22%). Somente 3% da indústria local foca em jogos para o Nintendo Switch.

O relatório completo está disponível no site da empresa.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.