John Kirby | Homem por trás do personagem da Nintendo morre aos 79 anos

Por Fidel Forato | 04 de Outubro de 2019 às 17h50
Nitendo
Tudo sobre

Nintendo

Saiba tudo sobre Nintendo

Ver mais

Nesta semana (2), o homem que deu nome ao icônico personagem rosa da Nintendo, Kirby, faleceu. Vítima de um câncer no sangue, o advogado John Joseph Kirby Jr. (1939-2019) eternizado como herói nos games da empresa japonesa, recebeu a homenagem do designer Shigeru Miyamoto no game, depois de vencer um caso histórico da Nintendo.

Tudo aconteceu em 1984, quando o jogo Donkey Kong foi acusado pela Universal Studios de violar os direitos autorais da produção cinematográfica King Kong. Com a vitória de John Kirby no caso, Donkey Kong manteve inalterado seu nome e enredo, para o alívio dos fãs.

Kirby, o icônico personagem rosa da Nintendo

No entanto, John Kirby nem sempre advogou em prol dos games. Ele começou sua carreira como assistente especial na Divisão de Direitos Civis do Departamento de Justiça dos EUA, nos anos 1960, durante o auge do movimento pelos direitos civis no país.

No departamento de justiça americano, Kirby reuniu registros de votação da parte sul dos Estados Unidos, que demonstraram evidências de ampla discriminação contra afro-americanos. A descoberta de métodos, como testes de alfabetização projetados para excluir afro-americanos da votação, ajudou a formar a base para a Lei dos direitos de voto de 1965. O advogado também escoltou pessoalmente crianças afro-americanas para escolas segregadas, cercado por federais.

John Kirby deixa sua esposa, Susan Cullman, dois filhos e duas filhas, John Andrew Pickens Kirby, Timothy James Kirby, Carolyn Sicher, Perrin Patricia Lucia Kirby, além de três netos, Emma Rose Kirby, William Rose Kirby e Eloise Woolf.

Retrato de John Kirby (Fonte: New York Times)

Fonte: The New York Times

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.