Google confirma lançamento do Stadia para 15 de novembro

Por Wagner Wakka | 15 de Outubro de 2019 às 13h35
Tudo sobre

Saiba tudo sobre Google Stadia

Ficha técnica

A Google anunciou no evento Made by Google, na manhã desta terça-feira (15), a data de lançamento do Stadia, seu serviço de games por streaming. A novidade chegará a 14 países no dia 19 de novembro, mas o Brasil não está incluído nessa lista.

Os locais serão: Bélgica, Finlândia, Canadá, Dinamarca, França, Alemanha, Irlanda, Itália, Holanda, Noruega, Espanha, Suécia, Reino Unido e Estados Unidos. No palco do evento, a companhia confirmou que a edição de fundador será enviada também neste período.

Com o preço de US$ 129, o usuário receberá um Chromecast Ultra, que é um controle exclusivo da plataforma, o game Destiny 2 e três meses de assinatura da plataforma. Ainda, poderá ser um dos primeiros a ter um nome dentro da plataforma. No pacote, está incluso todo o conteúdo do Destiny 2, com jogo base e expansões.

Empresa vai lançar também controle exclusivo para o serviço (Foto: Divulgação/Google)

A companhia também informou que os dispositivos anunciados no evento Made by Google nesta terça também serão compatíveis com o Stadia, como o Pixel 4, Pixel 4 XL e o Pixelbook Go, novo Chromebook da empresa.

Os outros pacotes, como o básico e o Stadia Pro também serão lançados no mesmo dia. Este último tem o preço de US$ 9,99, que dá acesso a um leque de games já no lançamento. Será possível jogar em 4K e 60 fps. Contudo, haverá apenas alguns jogos no início para este pacote, sendo que os outros games a serem adicionados serão cobrados à parte pela companhia.

O serviço será compatível com qualquer dispositivo que tenha o Chrome instalado. Ou seja, em laptops e também tablets. Além disso, caso o usuário tenha um Chromecast Ultra, pode ter acesso à plataforma pela TV.

A Google mostrou mais uma vez o seu controle, mas será possível também usar joysticks de outros consoles como o do PlayStation 4 e Xbox One para se conectar.

Ainda não há informações de quando o serviço pode chegar ao Brasil.

Fonte: YouTube

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.