Epic teria pago Sony para liberar crossplay de Fortnite no PlayStation 4

Epic teria pago Sony para liberar crossplay de Fortnite no PlayStation 4

Por Wagner Wakka | Editado por Jones Oliveira | 05 de Maio de 2021 às 12h33
Divulgação/ PlayStation Blog

Documentos vazados da Sony mostram que a empresa pode cobrar de publicadoras para liberar o crossplay de games entre PlayStation 4 e outros consoles, PC e até mobile. Em entrevista ao The Verge, o CEO da Epic, Tim Sweeney, confirmou a necessidade de pagar pelo recurso em Fortnite.

O documento foi vazado e divulgado pelo The Verge e mostra que não deveria se publicado inicialmente. É possível verificar que o aviso “altamente confidencial - apenas para vistas legais”, o que indica se tratar de um comunicado entre setores jurídicos das empresas.

O crossplay acontece quando um jogador de uma plataforma, como o PlayStation 4, tem a possibilidade de jogar online com um usuário de outro ecossistema, como o Xbox One, PC ou mobile.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Grande parte das empresas não tem problemas em liberar o recurso, mas a Sony é abertamente contra isso. Conforme as políticas da empresa, isso faria com que um jogador não comprasse o console para jogar com amigos, resultando em queda de faturamento.

Assim, a Sony cobra uma compensação caso identifique queda na receita ao participar de um cenário de crossplay. No documento vazado, ela aponta que se registrar menos 85% do total de faturamento com crossplatforms, a publicadora precisa pagar 15% de compensação sob essa diferença.

Apesar dos documentos vazados, a Sony ainda não confirmou que esta política realmente exista.

Caso Fortnite

Em 2018, a Sony e a Epic Games tiveram um embate por conta de Fortnite. O battle royale estava em basicamente todas as plataformas (até iOS na época) com intenção de permitir que quaisquer jogadores pudessem jogar entre si, independentemente se no console, PC ou mobile.

Contudo, a Sony derrubou o crossplay, argumentando que não teria nenhuma vantagem em manter o recurso. Agora, um e-mail divulgado no processo da Epic contra a Apple mostra que, lá em 2018, a Epic estava disposta a oferecer bastante para liberar a possibilidade no PlayStation 4.

O texto foi escrito por Joe Kreiner, então responsável pelo desenvolvimento de negócios da Unreal Engine para as Américas. Para liberar o crossplay entre PlayStation 4 e outras plataformas, o executivo ofereceu várias promessas à Sony. Entre elas, estaria uma integração maior do console à API da Unreal Engine 4, liberação de dados de usuários, além de um possível personagem ou item exclusivos para assinantes da PlayStation Plus.

E-mails trocados entre Epic e Sony (Foto: Processo aberto/ Nothern Distric of California)

“Nós adoraríamos trabalhar com a PlayStation e queremos transformar isso em uma situação benéfica para ambos os lados”, escreveu Kreiner no e-mail. Mesmo assim, a Sony não aceitou.

A mudança teria vindo após a definição das políticas de compensação da Sony, cujo documento data de 2019. Em nota ao The Verge, Sweeney confirmou que pode haver pagamentos para a Sony por conta disso.

“Em alguns casos, a Epic tem que pagar uma receita adicional à Sony. Se alguém joga principalmente no PlayStation, mas resolve fazer uma compra pagando no iPhone, pode resultar em uma compensação”, aponta o CEO.

Segundo o chefão da Epic, a empresa só conseguiu liberar novamente o crossplay no PlayStation 4 após concordar com as políticas de compensação da Sony.

Fonte: The Verge

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.