Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

EA Play vai ficar mais caro para novos e velhos assinantes

Por| Editado por Durval Ramos | 10 de Abril de 2024 às 16h59

Link copiado!

Divulgação/Electronic Arts
Divulgação/Electronic Arts

A Electronic Arts revelou nesta quarta-feira (10) um aumento no preço do EA Play, seu serviço de assinatura de jogos. O reajuste começa a valer no dia 10 de maio para novos e atuais assinantes, mas ainda não foi confirmado oficialmente para o Brasil — jogadores dos EUA e Europa, entretanto, já foram informados sobre os novos valores.

O aumento varia de 20% a 33%, de acordo com a categoria escolhida. O plano padrão, chamado apenas de EA Play e também disponível no Brasil, passará a custar US$ 5,99 (cerca de R$ 30) por mês, enquanto a assinatura anual vai para US$ 39,99, ou aproximadamente R$ 203 em conversão direta. Anteriormente, os valores eram de, respectivamente, US$ 4,99 e US$ 39,99. Por aqui, o EA Play custa atualmente R$ 90 no Brasil no pacote mensal e R$ 200 para quem optar pela assinatura anual.

Continua após a publicidade

Como parte da assinatura, os usuários têm acesso a um catálogo de games da Electronic Arts para jogar “de graça”, além de 10% de desconto em títulos e conteúdo adicional. Alguns lançamentos, também, têm um período de teste gratuito de 10 horas para os assinantes, enquanto recompensas e itens exclusivos podem ser desbloqueados para os usuários pagantes.

É essa, também, a opção que acompanha a assinatura nacional do Xbox Game Pass, da Microsoft. Por enquanto, porém, não há confirmação dos novos valores do EA Play para o Brasil, nem se o prazo de 10 de maio também vale para a gente. O Canaltech entrou em contato com a Electronic Arts, que informou que o aumento será válido em todos os países em que atua. No entanto, ela não detalha quais serão os novos valores válidos por aqui.

Pacote superior do EA Play também tem reajuste

Nos EUA, além da assinatura convencional, também está disponível o EA Play Pro. Ao lado dos benefícios já citados, a opção mais cara também dá a possibilidade de jogar todos os lançamentos da Electronic Arts de forma integral, no dia um e sem pagamentos adicionais, aos moldes do que a Microsoft faz com seus exclusivos que chegam ao Xbox Game Pass.

Após o reajuste, as assinaturas do EA Play Pro passarão a custar US$ 16,99 por mês, cerca de R$ 86, ou US$ 119,99 ao ano, aproximadamente R$ 610 em conversão direta. Antes, os valores eram de US$ 14,99 e US$ 99,99, com porcentagens de aumento respectivas de 13% e 20%.