7 curiosidades sobre Fortnite que são pouco conhecidas

7 curiosidades sobre Fortnite que são pouco conhecidas

Por Rodrigo Folter | Editado por Bruno Salutes | 25 de Julho de 2021 às 19h30
Divulgação/Epic Games

Como sucesso incontestável de público e financeiro, Fortnite frequentemente ocupa as principais notícias e puxa para si muita atenção. O jogo fez danças viralizarem e muitos tiktokers as utilizam, além de chamar a atenção por diversos crossovers com grandes marcas fora dos jogos.

A fama da produção da Epic Games é enorme, mas existem algumas curiosidades pouco conhecidas pelos jogadores e agora vocês conheceram um pouco mais sobre o gigante da indústria.

Skins disponíveis na temporada 7 do jogo (Epic Games/Divulgação)

1. Origem do nome

A concepção do jogo não visava trazer o estilo de Battle Royale para a produção. Originalmente seria um multijogador PvE em que se lutaria contra zumbis enquanto se constrói um forte e o jogo se passaria a noite, daí Fort (forte) Nite (variação de night, noite).

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

2. Escola proibe dança do jogo

Sejam danças originias do jogo ou que se popularizaram através dele, os jovens passaram a imitar essas danças mundo a fora e isso levou uma escola na Inglaterra a proibir seus alunos de realizarem as danças do jogo alegando que poderia ser usada como forma de bullying. A proibição gerou controversa por utilizar os jogos como bode expiatório para um problema maior o que fez a escola mudar a forma de seu discurso.

3. Faturamento maior que grandes franquias de Hollywood

Vingadores: Guerra Infinita foi o grande lançamento do cinema hollywoodiano de 2018, lucrando rios de dinheiro, mas ficou longe de lucrar tanto quanto o jogo da Epic. Na semana de estréia do blockbuster, Fortnite lucrou algo em torno de U$ 290 milhões enquanto o filme lucrou algo em torno de U$ 260 milhões. E não parou por aí, foi o jogo com maior lucro do ano, chegando a algo em torno de U$ 2.5 bilhões.

4. Maior que Netflix

Em um mundo dominado por telas, é importante criar algo cativante para chamar a atenção do mundo. É isso o que a Netflix fez, contando com milhões de usuários no mundo todo, mas mesmo com todo sucesso ainda fica atrás da produção da Epic Games. Em 2018, o serviço contava com cerca de 139 milhões de assinantes, enquanto o jogo já tinha 200 milhões desde junho do ano anterior.

5. Jogo de tiro mais popular na Twitch

Segundo dados, o jogo foi o segundo mais assistido na plataforma, ficando atrás somente de League of Legends. Acumulando algo em torno de 24 bilhões de visualizações, o jogo ficou na frente de outros gigantes como CS:GO, GTA V e Overwatch.

6. Esporte colegial e universitário

Muitas bolsas são concedidas a quem se destaca em algum esporte nos Estados Unidos e Fortnite se tornou um desses esportes colegiais e universitários. Da mesma forma que esportes tradicionais, existem competições entre escolas e diversas instituições de ensino superior também pensam em aderir a "nova" moda.

7. Espaço para aprendizado

Segundo especialistas de Stanford, o jogo é um espaço onde pode-se trabalhar com crianças e adolescentes a importância do trabalho em equipe, colaboração, estratégia, imaginação e compreensão do espaço ao redor. Através de conceitos matemáticos e físicos, o jogo oferece espaço para ensino através do lúdico, o que é muito mais atrativo para as crianças.

Com essas curiosidades talvez você encare Fortnite de forma diferente a partir de agora.

Fonte: Business Insider, Statista

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.