Referências a Hideo Kojima também são retiradas do site de Silent Hills

Por Redação | 01 de Abril de 2015 às 16h00

Com toda a polêmica envolvendo o aparente fim de parceria entre a Konami e o diretor Hideo Kojima depois do lançamento de Metal Gear Solid V: The Phantom Pain, uma única questão passou a incomodar os jogadores de todo o mundo. Afinal, diante de tudo isso, como ficaria o tão aguardado Silent Hills? E a resposta parece ter finalmente aparecido.

O site oficial do game já não mostra mais a logo da Kojima Productions, sugerindo que ele não está mais envolvido no projeto que tanto animou os fãs da série de terror no ano passado. Na página, a única "menção" ao diretor é o motor gráfico desenvolvido pela empresa dele, a Fox Engine.

Esse pequeno detalhe serviu para reacender a preocupação dos fãs que ainda tinham esperanças de ver a releitura de Kojima com o cineasta Guillermo del Toro em cima do universo de Silent Hill. No ano passado, a rápida demonstração do game — lançada sob o título de P.T. — mostrou ao mundo o enorme potencial existente ali.

Procurada pela IGN, a Konami se esquivou do assunto com sua resposta padrão, afirmando que tudo não passa de uma reestruturação no processo de produção para se adequar às mudanças do mercado. E o curioso é que, mais uma vez, a empresa citou o envolvimento do diretor no desenvolvimento de Metal Gear, mas não tocou no nome Silent Hills.

Com isso, os receios quanto ao futuro do jogo apenas aumentam. Por mais que isso não signifique que o título vai ser cancelado — depois de todo o entusiasmo dos fãs e da mídia com a demonstração, dificilmente isso vai acontecer —, a suposta saída de Hideo Kojima pode minar um pouco da expectativa que muitos tinham.

Como a própria Konami pediu, talvez seja a hora de esperarmos por anúncios futuros para saber se ainda podemos ter esperanças de ver aquelas boas ideias em ação ou nos contentarmos apenas com P.T.

Via: IGN

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.