Controle e console Steam vão se atrasar e só saem em 2015

Por Redação | 28.05.2014 às 16:42

A Valve não lançará mais suas Steam Machines e os controles para essas máquinas, os Steam Controllers, em 2014. Os desenvolvedores explicaram, em comunicado oficial, que o atraso – os produtos estariam disponíveis este ano – acontece devido a ajustes e testes.

"Estamos usando protótipos de controles sem fio para conduzir testes de jogos em tempo real com todo mundo da indústria, desde os fãs mais ardorosos até os jogadores casuais. Isso tem gerado toneladas de respostas e significa que temos que fazer um controle melhor. Claro, isso vai nos deixar muito ocupados para que possamos realizar as melhorias. Sendo mais realistas, estamos agora procurando por uma janela de lançamento em 2015 e não em 2014", contam os desenvolvedores.

Já as Steam Machines também passarão por ajustes. "Obviamente estamos tão ansiosos quanto vocês para termos a Steam Machine em mãos. Mas nossa prioridade número um é ter a certeza de que, ao fazer isso, você estará recebendo a melhor experiência de jogo possível. Esperamos que você seja paciente conosco até lá", dizem, em comunicado.

Os controles Steam foram anunciados em setembro de 2013, com base em Linux e no sistema operacional SteamOS. O joystick é um pouco diferente dos tradicionais das últimas gerações de consoles. Em vez de duas alavancas, a Valve optou por utilizar dois touchpads para os polegares, com o objetivo de priorizar os jogos de tiro em primeira pessoa – os famosos first-person shooters (ou FPS) – e os games de ação. Esse protótipo também seria mais amigável aos títulos de estratégia em tempo real, que exigem mouse e teclado.

Desde que anunciou seu controle, a Valve mudou o projeto algumas vezes. Uma versão inicial tinha uma tela sensível ao toque e uma diferente combinação de botões. Mas, assim como aconteceu agora, a empresa escutou sua comunidade e fez alterações. Apesar do atraso, esse comportamento pode ser considerado uma boa notícia, afinal de contas, os gamers é que passarão horas manuseando o produto.

As Steam Machines devem mesclar a experiência dos usuários de computadores com consoles. São vários modelos previstos até agora, um total de 14, produzidos por várias empresas. As máquinas mais simples devem apenas fazer as vezes de servidores de downloads com liberação do jogo completo por meio de chave de ativação.

Outros modelos devem ser como uma plataforma de streaming de jogos e algumas mais avançadas até mesmo podem ser como uma verdadeira combinação entre PCs e consoles, com poder de processamento completo dos games.

O anúncio dos atrasos de ambos os produtos não veio com uma data específica de lançamento em 2015. Enquanto isso, a Valve segue pedindo mais respostas dos usuários com relação ao seu controle na comunidade Steam Universe.

Fonte: http://steamcommunity.com/groups/steamuniverse#announcements/detail/1820891223906967821