Festival de produtos pornô em VR é cancelado por alta procura

Por Redação | 04 de Julho de 2016 às 17h30

De todos os entusiastas da realidade virtual, ninguém se compara ao Japão. O mercado nipônico abraçou de verdade a nova tecnologia, mas com uma ênfase toda especial para um setor bem específico. Nada de jogos, filmes ou coisas parecidas. Na verdade, é na indústria pornô que os japoneses mais estão apostando suas fichas. Tanto que o país até sediou um evento totalmente dedicado à pornografia em VR. Quer dizer, tentou, já que o alto interesse pela feira forçou os organizadores a cancelarem o evento.

Parece piada, mas é a mais pura verdade. De acordo com o site The Inquirer, um grupo de entusiastas organizou uma pequena feira feira para apresentar à população gadgets que complementassem a experiência de imersão. Eram acessórios bastante variados e que iam desde um simulador de seios que reconhecia o toque do usuário, mãos mecânicas para automatizar a masturbação e até uma espécie de “smart-boneca inflável”. E tudo isso para fazer com que você não apenas visse as coisas pelos óculos, mas também sentisse. O problema é que a coisa foi tão atraente que chamou mais gente do que deveria.

Um usuário do fórum VR Talk comentou um pouco sobre sua tentativa de ir ao evento, descrevendo o caos que se instaurou na região. Segundo ele, a cidade toda estava agitada por causa do evento e que a quantidade de gente no lugar da feira era tão grande que era impossível manter a situação sobre controle. Tanto que, ao tentar entrar na área do evento, foi impedido. Em seu relato, ele explica que a fila na área externa era gigantesca a ponto que a organização não deixava mais ninguém entrar — deixando milhares de pessoas na mão.

Porn VR festival
Porn VR festival
Porn VR festival

Assim, como aponta o The Inquirer, o evento acabou sendo cancelado para evitar que a aglomeração acabasse pondo em risco a segurança geral dos visitantes ou mesmo danificasse os produtos apresentados. Não se sabe se uma nova edição será organizada em um espaço maior ou se a experiência no setor vai morrer primeira tentativa.

Os poucos sortudos que conseguiram penetrar na festa se descabelaram ao ver a grande variedade de produtos disponíveis. E, para nossa sorte, decidiram compartilhar um pouco do que estava presente com o mundo aqui fora, mostrando como a indústria japonesa sabe ser criativa quando o assunto é inventar produtos periféricos. Mas quem diabos teria coragem de comprar um periférico assim para ter em casa? Pelo visto, há um país inteiro — ou pelo menos uma grande parte dele — muito interessada em pelo menos conhecer tudo isso.

Via: The Inquirer, The Next Web

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.