Tfue surpreende seguidores e anuncia pausa em transmissões

Por Sérgio Oliveira | 16 de Setembro de 2019 às 17h26

2019 definitivamente não tem sido um bom ano para Turner "Tfue" Tenney, um dos mais populares jogadores de Fortnite e streamers na Twitch. Após uma série de polêmicas, ele anunciou na última sexta-feira (13) que está "dando um tempo" das lives porque ultimamente não está se sentindo feliz fazendo isso.

Tfue fez o anúncio em três curtas publicações no Twitter e desde quinta-feira (12) não abre live para seus seguidores. O jogador não deu nenhuma pista de quando pretende retornar aos trabalhos, mas deixou muita gente preocupada ao também comentar sobre sua saúde mental. "Estou me sentido encurralado em um espaço fechado e negativo em minha mente", confessou o streamer.

Ano de problemas

Embora não tenha elaborado mais sobre o assunto, Tfue já vem demonstrando insatisfação com o cenário competitivo de Fortnite e se metido em vários problemas no último ano. Em maio, o jogador entrou com dois processos contra o FaZe Clan, equipe que o tinha sob contrato para jogar profissionalmente em torneios e competições oficiais. Porém, Tfue classificou o contrato como "opressivo e oneroso", além de favorecer a apenas um dos lados: o da equipe. A disputa tomou as redes sociais e o FaZe Clan respondeu processando Tfue em agosto, acusando-o de "traição" e revelando os termos que o pro player havia concordado e assinado.

Muitos, inclusive, atribuem o desempenho pífio do streamer na Copa do Mundo de Fortnite em julho a essa disputa com a equipe. Como um dos principais nomes no cenário competitivo de Fortnite, a expectativa em torno de Tfue era gigantesca, mas ele acabou apenas na 67ª posição de 100 na competição que sagrou o jovem Kyle "Bugha" Giersdorf, de apenas 16 anos, campeão.

Neste mês de setembro, Tfue continuou a se envolver em tretas. No começo do mês, o streamer demonstrou seu descontentamento com Fortnite e o taxou de "terrível" e um "lixo", anunciando que estava considerando investir seu tempo na transmissão de outros jogos, como Minecraft, já que o título da Epic Games, para ele, estava "morrendo".

Dias depois, ele de fato começou a transmitir Minecraft e acabou violando as políticas da Twitch ao usar uma gíria racista durante uma partida. Alertada pelos frequentadores da plataforma, a Twitch se negou a comentar o caso e nada fez contra Tfue.

Por fim, duas semanas atrás Tfue acabou se separando de seus parceiros de trio Dennis "cloakzy" Lepore e Thomas "72hrs" Mulligan três dias antes de o grupo competir nas classificatórias da Champion Series de Fortnite. Visivelmente chateado com os antigos companheiros, Tfue disse que "eles simplesmente aceitaram a oferta [de jogar apenas Madden NFL 20] sem me avisar" e que ele havia recusado a oferta da EA porque "tinha pensado que a gente ia treinar, mas agora eu estou aqui, sem os US$ 140 mil [do contrato]".

Parece sensato afirmar que essa sequência de baixos levou o streamer ao estado atual, desistindo de fazer as lives por um tempo. Apesar disso, uma visita rápida ao perfil de Tfue no Twitter entrega que apesar de não estar online, ele continua jogando Fortnite, agora com um novo trio formado ao lado de Khanada e Fiber, na tentativa de se classificar para as finais do Champion Series.

Com informações: Dexerto, Engadget (1) (2), The Verge, Dot eSports

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.