Foto mostra NSA adulterando equipamentos de rede da Cisco

Por Redação | 16 de Maio de 2014 às 10h23
photo_camera Divulgação

As revelações sobre a NSA não param. Como se não bastasse a tonelada de documentos e informações sobre as atividades de espionagem da agência norte-americana, o recém-lançado livro do jornalista Glenn Greenwald traz revelações inéditas e exclusivas.

Uma das mais chocantes é a de que uma unidade da NSA, a Tailored Access Operations (TAO), intercepta servidores, roteadores e outros equipamentos de redes que são enviados para organizações alvos da agência e instalam firmwares modificados com softwares de vigilância.

De acordo com informações do Ars Technica, esses sistemas de cavalo de tróia são descritos por um funcionário da NSA como sendo uma das operações mais produtivas da TAO, porque eles distribuem pontos de acesso em redes físicas ao redor do globo, sendo muito mais fácil interceptar os dados dessa maneira.

O documento faz parte de uma newsletter interna de junho de 2010 feita pelo chefe do departamento de desenvolvimento de alvos e acesso (Access and Target Development department) da agência. Nele, ainda há fotos dos funcionários da NSA abrindo caixas de roteadores da Cisco para adulterá-los instalando os firmwares modificados.

NSA implantando firmwares

O processo ainda é detalhado pelo chefe de departamento que, em suas palavras, o descreve da seguinte forma:

"Ele funciona dessa maneiea: carregamentos de dispositivos de redes (servidores, roteadores, etc.) sendo enviados para nossos alvos ao redor do mundo são interceptados. Em seguida, eles são redirecionados para uma localização secreta onde os funcionários da Operação de Acesso Sob Medida (Tailored Access Operations/Access Operations - AO-S326) instalam os firmwares adulterados diretamente nos dispositivos eletrônicos dos nossos alvos, com o apoio do Centro de Operações Remotas (S321). Esses dispositivos são, então, reembalados e enviados de volta para o destino original. Tudo acontece com o apoio de parceiros da comunidade de inteligência e com técnicas da TAO".

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!