Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Veja fotos da aurora boreal após tempestade solar extrema

Por| Editado por Luciana Zaramela | 13 de Maio de 2024 às 10h40

Link copiado!

NASA's SDO (à esq.), NASA/Bill Dunford (à dir.)
NASA's SDO (à esq.), NASA/Bill Dunford (à dir.)

A Terra acabou de experimentar a tempestade solar mais forte desde 2005. O fenômeno começou na sexta (10) após um grande grupo de manchas solares liberar uma forte massa de plasma em nossa direção. Quando as partículas do astro chegaram ao nosso planeta, causaram uma tempestade geomagnética com intensidade não vista há anos. 

As partículas do Sol chegaram ao campo magnético da Terra na sexta (10) e causaram uma tempestade geomagnética de nível G4, o segundo mais alto da escala. Segundo a Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA), fenômenos desta intensidade podem causar problemas em redes elétricas e em sinais de rádio de baixa frequência. 

Além disso, as partículas renderam auroras boreais espetaculares visíveis bem mais ao sul do que o comum, aparecendo em partes maiores dos Estados Unidos, Inglaterra, América Central e do Sul. Foram registradas também auroras no Chile e na Argentina.

Continua após a publicidade

O Serviço Meteorológico Nacional da Argentina descreveu o fenômeno como “caso histórico”. Na Europa, o fenômeno foi visto na Suíça, Reino Unido, Portugal e outros. A colocação não é exagerada, afinal, as auroras costumam acontecer perto dos polos sul e norte. 

Estas belas luzes são causadas pelo Sol, que continua bastante ativo. Nossa estrela disparada pelo espaço nuvens de partículas através de erupções solares e ejeções de massa coronal, e eventualmente elas alcançam a Terra — mas pode ficar tranquilo, pois a maior parte destas partículas é desviada pelo campo magnético do nosso planeta.

Mesmo assim, algumas delas são capturadas e aceleradas na direção dos polos; ali, elas colidem com moléculas atmosféricas e emitem luzes, cuja cor varia com o composto e altitude. Quando aparecem perto do polo norte, o fenômeno é chamado de "aurora boreal"; no sul, torna-se "aurora austral".

Fotos da aurora boreal

Abaixo, você encontra algumas belas fotos das auroras ocorridas no fim de semana:

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade