Turismo espacial | Blue Origin faz mais um voo suborbital com a New Sheppard

Turismo espacial | Blue Origin faz mais um voo suborbital com a New Sheppard

Por Patrícia Gnipper | 02 de Maio de 2019 às 17h44
Blue Origin

A Blue Origin, empresa espacial de Jeff Bezos (sim, o fundador da Amazon), acaba de fazer com sucesso um novo voo suborbital com a New Shepard, nave que será usada para a realização de passeios turísticos ao redor da Terra. O voo aconteceu nesta quinta-feira (2) e a nave levou consigo um pacote de experimentos em microgravidade.

O foguete de estágio único decolou da base da empresa, que fica no Texas, acelerando o veículo a uma velocidade de mais de 3.500 km/h em menos de dois minutos e meio. Quando o motor principal foi desligado, a nave tripulável se separou do conjunto, quando ambos (foguete e nave) estavam a uma altitude de aproximadamente 105 quilômetros. A nave, então, experimentou de 3 a 4 minutos de ausência de peso quando atingiu seu apogeu, até que começasse a descida de volta à Terra.

O lançamento foi transmitido ao vivo pelo YouTube da companhia, e você pode ver como tudo aconteceu no vídeo abaixo:

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Para desacelerar durante a descida e evitar uma trágica queda livre, a New Shepard acionou seus freios e reativou seu motor para pousar a cerca de 3 km do local de lançamento, ainda nas instalações da Blue Origin no Texas. O pouso aconteceu menos de três minutos depois, contando com paraquedas para que a missão fosse completada com sucesso — este foi o 11º voo suborbital feito pela empresa desde 2015, e este voo marca a quinta missão bem sucedida da atual New Shepard.

Ainda não se sabe quando a nave começará, de fato, a transportar turistas à órbita do planeta. Mas Ariane Cornell, chefe de estratégia e vendas da Blue Origin, garantiu que isso acontecerá até o final deste ano de 2019. A New Shepard conta com seis assentos em seu interior, cada um com sua própria janela, para que os passageiros tenham uma visão ampla do planeta, visto do alto, durante o passeio.

Interior da New Shepard (Foto: Blue Origin)

E o turismo espacial tem outro grande nome na jogada, competindo diretamente com os planos de Bezos: a Virgin Galactic, de Richard Branson, que também vem fazendo voos bem-sucedidos ao redor da Terra com sua nave VSS Unity, que já fez dois voos acima de 80 km de altitude com pessoas a bordo (mas ainda em caráter de testes).

Enquanto a Virgin já vendeu diversas passagens custando US$ 250 mil cada, a Blue Origin ainda não revelou quanto custará seu ingresso para essa viagem histórica.

Fonte: Spaceflight Now

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.