Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Telescópio da NASA é ameaçado por corte em orçamento

Por| Editado por Luciana Zaramela | 27 de Março de 2024 às 17h59

Link copiado!

NASA/CXC & J. Vaughan
NASA/CXC & J. Vaughan

O telescópio Chandra, da NASA, pode estar em risco devido a um corte orçamentário na agência espacial. O observatório especializado em raios X opera há mais de suas décadas, e vem oferecendo visão sem precedentes de lugares muito quentes no universo, como a matéria ao redor dos buracos negros

A notícia do corte veio no dia 11, quando a NASA publicou a proposta orçamentária para o ano fiscal de 2025 e revelou limites rigorosos de gastos.

No documento, a agência espacial sugere reduzir os gastos do Chandra para US$ 41,1 milhões em 2025, contra os US$ 68,3 milhões disponíveis em 2023. Depois, a soma seria reduzida para US$ 26,6 milhões em 2026, e pode cair para apenas US$ 5 milhões em 2029.

Continua após a publicidade

“A redução [no orçamento] do Chandra vai dar início a uma redução da missão para operações mínimas”, escreveram os oficiais da NASA na proposta.

A novidade surpreendeu e preocupou quem trabalha com os dados do telescópio espacial. “Para os cientistas que dependem do Chandra para a pesquisa, o clima é de choque”, descreveu Patrick Slane, diretor do Centro Chandra de Raios X. 

Telescópio Chandra

Lançado em 1999 pelo ônibus espacial Columbia, o Chandra é um dos Grandes Observatórios da NASA, grupo que inclui também os telescópios espaciais Hubble e Spitzer. Ele é o observatório de raios X mais poderoso do mundo, e pode detectar fontes com emissões 20 vezes mais fracas que qualquer outro telescópio do tipo. 

Os raios X são produzidos quando a matéria é aquecida a milhões de graus, algo que ocorre quando há fortes campos magnéticos ou forças explosivas em jogo. Por isso, o Chandra conta com quatro instrumentos e já observou os restos de estrelas que explodiram, os arredores do buraco negro da Via Láctea e muito mais. 

Assim, fica fácil entender o porquê de os cientistas estarem tão preocupados com a redução financeira que o telescópio pode sofrer. “Vamos perder nossos olhos de raios X no universo, o que acho que é um desastre”, completou Priya Natarajan, da Universidade Yale.

Fonte: Space.com