Starship: Elon Musk propõe usar estrutura do foguete para criar novo telescópio

Starship: Elon Musk propõe usar estrutura do foguete para criar novo telescópio

Por Danielle Cassita | Editado por Patrícia Gnipper | 08 de Julho de 2021 às 09h50
SpaceX

A SpaceX segue desenvolvendo o sistema Starship, com o objetivo de usá-lo para transportar pessoas e cargas à Lua, bem como para destinos mais distantes, como Marte. Além disso, Elon Musk, CEO da empresa, propôs outro uso ao foguete: em algumas publicações feitas no Twitter na quarta-feira (7), ele sugere usá-lo também para observações astronômicas, funcionando como um grande telescópio espacial.

O tuíte do bilionário foi uma resposta a um seguidor, que perguntava se seria possível incorporar instrumentos científicos no Starship. Como resposta, Musk sugeriu que o próprio veículo “poderia servir como a estrutura para um novo telescópio gigante” — este, que poderia chegar a dez vezes a resolução do telescópio espacial Hubble, da NASA. Segundo ele, a ideia foi proposta por Saul Perlmutter, astrofísico do Lawrence Berkeley National Laboratory.

Em outra publicação, Musk descreveu alguns dos planos que tem para o foguete: o Starship poderia ter uma “versão dedicada ao espaço profundo”, em que o escudo térmico, flaps laterais e tanques poderiam ser eliminados. Esta versão alternativa seria abastecida em órbita e, assim, a SpaceX conseguiria lançar cargas úteis ainda mais pesadas para a Lua e Marte.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Estes possíveis novos usos do Starship foram publicados por Musk em um momento complicado para o telescópio Hubble, que teve suas observações científicas temporariamente suspensas em função de um erro no computador de cargas úteis. Os engenheiros da NASA estão trabalhando a todo vapor para encontrar uma solução que permita retomar o trabalho do telescópio, que, por enquanto, está em "modo de segurança".

De qualquer forma, é certo que a SpaceX ainda tem trabalho à frente até poder colocar estas e outras ideias em prática. Após pousar com sucesso o protótipo SN15 durante um teste realizado em maio, a empresa deverá seguir testando outros protótipos ao longo deste ano. Além disso, há planos também para o primeiro teste de voo orbital feito com o veículo, que deverá realizar uma volta pela Terra e retornar, com uma reentrada controlada, para uma amerrissagem no Oceano Pacífico.

Fonte: Futurism

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.