SpaceX lança mais 60 satélites Starlink e pousa propulsor de foguete pela 8º vez

Por Danielle Cassita | 04 de Março de 2021 às 16h20
Reprodução/SpaceX

Logo nas primeiras horas desta quinta-feira (4), a SpaceX lançou mais 60 satélites Starlink para a órbita, que se juntam aos demais já lançados, num total que já passa de mil unidades. O lançamento foi feito com o foguete Falcon 9, cujo propulsor reutilizável retornou com sucesso para pousar embarcação "Of Course I Still Love You" no Oceano Atlântico, completando ali sua oitava viagem de ida e volta.

O Falcon 9, de 70 metros de altura, decolou durante a madrugada com o céu coberto de nuvens. Seguindo na direção nordeste, o foguete ultrapassou a velocidade do som e liberou o propulsor cerca de dois minutos depois do lançamento, que voltou para a superfície para realizar seu oitavo pouso na embarcação "Of Course I Still Love You" depois de nove minutos. “Temos a confirmação do sucesso do pouso do primeiro estágio”, disse o engenheiro Youmei Zhou, durante a transmissão da missão. Enquanto isso, o motor Merlin do estágio superior do veículo foi ativado, e seguiu com destino ao espaço.

Este pouso marcou a 75º recuperação de sucesso do foguete, e a oitava do propulsor B1049. A SpaceX estima que cada propulsor pode voar pelo menos dez vezes se forem feitas manutenções mínimas, e que os propulsores podem ser reutilizados até 100 vezes antes de serem aposentados. Embora a SpaceX busque recuperar os estágios dos foguetes, o objetivo principal sempre é levar a carga útil para a órbita. A última missão do Falcon 9, feita em fevereiro, foi quando a empresa interrompeu uma sequência de 25 recuperações dos propulsores, após o booster não conseguir pousar devido a uma falha térmica.

Hoje, o Falcon 9 já veterano também cumpriu sua missão, levando os 60 satélites para a órbita com sucesso. Agora, eles irão abrir seus painéis solares e ativar seus propulsores para chegar à altitude de 550 km nas próximas semanas e, assim, se juntar aos outros satélites já ativos. Até agora, a SpaceX já tem mais de 1.200 satélites lançados — deste total, cerca de 60 deles já foram desorbitados ou reentraram na atmosfera terrestre, enquanto outros parecem estar no processo de saída da órbita.

A SpaceX segue trabalhando para finalizar o lançamento do conjunto inicial de 1.400 satélites Starlink. Hoje, a empresa possui autorização da agência reguladora Federal Communications Commission para operar até 12 mil satélites, mas já solicitou outra autorização para estender este número para 30 mil. Essa megaconstelação tem o objetivo de fornecer internet de alta velocidade para todo o mundo, mesmo em lugares mais remotos. Hoje, o Canadá, algumas regiões dos Estados Unidos e do Reino Unido já conseguem usar a rede durante a fase de testes beta do serviço. É esperado que o alcance seja expandido para outras localidades no fim do ano — no Brasil, é possível que o serviço seja oferecido em fase beta e a um seleto grupo de assinantes no final de 2021.

Fonte: Space.com, Spaceflightnow

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.