Ouça os primeiros áudios gravados pelo Perseverance em Marte

Ouça os primeiros áudios gravados pelo Perseverance em Marte

Por Wyllian Torres | Editado por Patrícia Gnipper | 11 de Março de 2021 às 12h05
NASA

Durante uma transmissão ao vivo, a NASA revelou os primeiros resultados de um dos sete instrumentos do rover Perseverance, que pousou em Marte no último dia 18 de fevereiro. A SuperCam, além de capturar imagens em altíssima definição, é equipada com um microfone que gravou sons do vento marciano e também os estalos gerados pelo laser quando atinge uma rocha.

Para Naomi Murdoch, pesquisadora do Instituto Superior de Aeronáutica e Espaço, na França, e membro da equipe responsável pela SuperCam: “essas gravações demonstraram que nosso microfone não está apenas funcionando bem, mas também temos um sinal de alta qualidade para nossos estudos científicos". A equipe segue entusiasmada com as possibilidades de investigações científicas que poderão ser feitas com os dados obtidos pelos microfones.

Abaixo, os primeiros sons do ambiente marciano:

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

O primeiro ponto foi atingido em 2 de março pelo laser, e foi chamado de “Máaz”, que significa “Marte” em Navajo. Nesse processo, a rocha atingida é pulverizada e a nuvem formada tem sua composição lida pelas câmeras do equipamento e seus espectrômetros, ou seja, através da luz é possível saber do que o material é formado. Entre as principais tarefas do Perseverance, a que mais se destaca é a busca por sinais de vida no passado do solo da cratera Jezero, antigo leito de um rio marciano com tamanho de 45 km, além de coletar amostras que serão trazidas para a Terra em missões posteriores.

A seguir, o som dos ventos capturado pela SuperCam:

O microfone gravou o som do vento marciano durante os primeiros dias do rover Perseverance em Marte, conforme anunciou a equipe na transmissão de ontem. Além disso, o aparelho capturou os estalos produzidos durante a pulverização da rocha pelo laser, comprovando a enorme capacidade de registro e em boa qualidade. Segundo Murdoch, esse áudio será bastante útil à equipe. Embora o espectrômetro consiga revelar a composição das amostras coletadas, ele não é capaz de, por exemplo, dizer o quão duro é o material coletado — “giz e mármore têm a mesma composição química", acrescenta.

Além do microfone da SuperCam, o Perseverance contém outro embutido em seu sistema de câmera de entrada, descida e pouso (EDL). Por mais que não tenha gravado o som durante a aterrissagem do rover, nos chamados “sete minutos de terror”, o EDL capturou o som da superfície marciana. Membros da equipe discutem a possibilidade de se usar os dois microfones ao mesmo tempo, para produzirem um som estéreo do planeta Marte.

A seguir, o som de estalos produzidos enquanto o laser da SuperCam pulveriza seu alvo:

Agora, a próxima grande tarefa do rover é procurar por um campo adequado para que o helicóptero Ingenuity possa fazer seus voos de demonstração. Quem sabe, em breve, não tenhamos imagens aéreas combinadas com os sons capturados pelo Perseverance!

Fonte: NASA

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.