NASA divulga fotos do rover Perseverance enquanto pousava em Marte

NASA divulga fotos do rover Perseverance enquanto pousava em Marte

Por Danielle Cassita | 19 de Fevereiro de 2021 às 19h15
NASA/JPL-Caltech

Em julho do ano passado, a missão Mars 2020, da NASA, foi lançada. Agora, depois de uma jornada de sete meses, o rover Perseverance pousou com sucesso na cratera Jezero, levando consigo o helicóptero Ingenuity. O momento do pouso foi um dos mais desafiadores da missão, e foi registrado em imagens impressionantes feitas pelas câmeras do estágio descendente do Perseverance e pela câmera HiRISE, que integra a sonda Mars Reconnaissance Orbiter (MRO).

Ao longo dos chamados “sete minutos do terror”, uma sequência complexa de manobras foi feita para o Perseverance pousar em segurança na superfície de Marte: depois da reentrada na atmosfera marciana, a velocidade dele foi reduzida de 20 mil km/h para 1.500 km/h. Depois, os paraquedas do rover foram acionados para ajudar na desaceleração, seguidos da ativação de radares para buscar um local seguro e sem obstáculos para o pouso.

A imagem abaixo foi feita por uma câmera integrada ao estágio descendente que o sustentava, e o registrou a apenas 2 metros de distância do solo:

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

O Perseverance durante a descida, próximo da superfície de Marte(Imagem: Reprodução/NASA/JPL-Caltech)

Essa é a primeira foto já feita com câmeras montadas no sistema de entrada, descida e pouso do veículo, e faz parte de um vídeo que foi feito mostrando esta etapa. Na imagem, é possível ver os fios de nylon que sustentavam o rover durante a descida, já próximo da superfície da cratera Jezero.

Contudo, este não foi o único registro do pouso: o momento da descida pela atmosfera de Marte, com os paraquedas abertos, também foi flagrado pela câmera High Resolution Imaging Experiment (HiRISE), que integra a sonda MRO.

Confira a imagem feita pela sonda:

O estágio descendente com o rover, durante a descida pela atmosfera marciana (Imagem: Reprodução/NASA/JPL-Caltech)

Quando essa foto foi feita, a HiRISE estava a cerca de 700 km de distância do Perseverance, e se movia à velocidade de 3 km/s — essas duas condições representaram desafios consideráveis para o registro, que só pôde ser feito devido à grande precisão do posicionamento da MRO, para que o Perseverance estivesse visível para a câmera no momento certo e na hora certa.

Agora que já está na superfície de Marte, o Perseverance tem bastante trabalho pela frente: o veículo irá investigar o Planeta Vermelho em busca de possíveis bioassinaturas na cratera Jezero, onde pode haver vestígios deixados por formas de vida antiga, caso tenha existido por lá. Além disso, o rover vai coletar amostras de rochas e do solo da cratera, que serão armazenadas em tubos especiais. Futuramente, essas amostras serão coletadas por uma missão feita em parceria com a Agência Espacial Europeia (ESA), e então trazidas à Terra para estudos em laboratórios.

Fonte: NASA

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.