NASA confirma e detalha missão para mapear água na superfície da Lua

Por Felipe Junqueira | 29 de Outubro de 2019 às 13h51
NASA Ames/Daniel Rutter
Tudo sobre

NASA

Saiba tudo sobre NASA

Ver mais

A NASA oficializou os planos de enviar um rover para “farejar” água na Lua. Em publicação no site oficial, a agência espacial dos EUA contou mais alguns detalhes sobre a missão do VIPER, que está prevista para pousar no polo sul do satélite natural em dezembro de 2022.

De acordo com o órgão, o rover passará 100 dias na Lua para mapear as fontes de água existentes. O VIPER terá uma broca capaz de perfurar até um metro na superfície lunar para colher amostras, e seus dados devem ser utilizados para o planejamento das futuras missões tripuladas que voltarão a acontecer com destino lunar a partir de 2024 — sim, com o programa Artemis.

Em 2018, a NASA confirmou a existência de água congelada na Lua. A partir daí, cientistas começaram a tentar entender como isso foi possível, de onde essa água surgiu e se há o suficiente para que pessoas consigam sobreviver longe da Terra com essa água.

“A chave para viver na Lua é água - o mesmo que aqui na Terra”, disse Daniel Andrews, gerente do projeto VIPER. “Esse rover vai nos ajudar a responder as várias questões que temos sobre onde está a água e quanto dela há para usarmos”.

O VIPER vai coletar amostras de solo que são afetadas por diferentes condições de luz e temperatura. Com isso, a NASA espera mapear onde pode haver água no satélite natural da Terra. “VIPER vai nos dizer as localizações onde há a maior concentração e quão fundo teremos que ir para chegar à água”, explicou o cientista de projeto da missão, Anthony Colaprete.

Fonte: NASA

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.