Cientistas encontram prova de que a Lua abriga água congelada em seus polos

Por Patrícia Gnipper | 21 de Agosto de 2018 às 07h31
Tudo sobre

NASA

Saiba tudo sobre NASA

Ver mais

Usando dados do Moon Mineralogy Mapper (M3), da NASA, uma equipe de cientistas sob a liderança de Shuai Li, da Universidade do Havaí e da Brown University, ao lado de Richard Elphic, do Centro de Pesquisas Ames (da NASA), conseguiu identificar três assinaturas específicas que comprovam, em caráter definitivo, que existe água congelada na superfície da Lua.

O gelo está localizado especificamente nas partes mais escuras (e mais frias) das regiões polares da Lua, com esses depósitos, que podem ser muito antigos, sendo distribuídos de maneira irregular. No polo sul, a maior quantidade de gelo está concentrada nas crateras lunares, enquanto o gelo do polo norte está mais distribuído. Essas regiões mais escuras são lugares que, por causa da inclinação do eixo de rotação da Lua, nunca recebem luz solar.

A imagem mostra a distribuição do gelo na superfície da Lua em seus polos sul (esquerda) e norte (direita). A cor azul representa a localização do gelo, enquanto os tons de cinza foram empregados para indicar a temperatura dos locais, com o cinza escuro representando as áreas mais frias (Imagem: NASA)

A M3 foi lançada em 2008 justamente com o objetivo de confirmar a existência de gelo na Lua. O aparelho carrega consigo um espectrômetro que não somente é capaz de captar as propriedades refletivas da água congelada, como também medir diretamente a maneira como suas moléculas absorvem a luz infravermelha, permitindo a diferenciação entre água líquida, vapor de água e gelo sólido.

A partir de agora, NASA e demais agências espaciais que estejam com projetos de novas missões lunares usarão esses dados para aprender melhor como esse gelo se acumulou na superfície lunar e como ele interage com o ambiente do nosso satélite natural. Ainda, a ideia também é estudar se essa água congelada poderia ser acessada como recurso para futuras expedições tripuladas com destino à Lua.

Fonte: NASA

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.