Lançamento do James Webb será adiado novamente — mas só por alguns dias

Por Daniele Cavalcante | Editado por Patrícia Gnipper | 02 de Junho de 2021 às 19h30
NASA

A previsão de que o lançamento do aguardado Telescópio Espacial James Webb poderia ser adiado mais uma vez acaba de se concretizar. Na última terça-feir a (1º),o administrador associado da NASA, Thomas Zurbuchen, deixou claro que pode levar até novembro para que o equipamento seja preparado para ser enviado ao espaço. Até então, a data de lançamento estava agendada para o dia 31 de outubro.

O pronunciamento ocorreu durante uma coletiva de imprensa organizada pela Agência Espacial Europeia (ESA). O instrumento será despachado apenas em agosto para local de lançamento — que fica em Kourou, na Guiana Francesa — e, portanto, não haverá tempo hábil para que tudo esteja pronto em outubro.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Uma confirmação desse cronograma foi proferida por Zurbuchen ao responder à pergunta de um repórter durante a coletiva de imprensa. O jornalista quis confirmar se o tempo necessário para o preparo do telescópio seria de dez semanas, o que implicaria em um lançamento adiado para novembro. "Acho que sua avaliação está aproximadamente correta", disse Zurbuchen, sem anunciar uma nova data específica.

(Imagem: Reprodução/ExplorNova Studio/Creative Commons)

Em meados de maio, soubemos que o foguete que será utilizado na missão apresentou algumas anomalias que poderiam afetar todo o cronograma de lançamentos agendados para este veículo. No dia 11 daquele mês, ao ser questionado sobre possíveis datas alternativas de lançamento, Bill Ochs, gerente de projeto Webb, afirmou que "há muitas", mencionando “janelas de lançamento” que existem praticamente todos os dias. “Temos várias oportunidades de lançamento, caso haja atraso devido ao tempo ou de qualquer tipo", completou.

O James Webb viajará de navio para a Guiana Francesa. "Não tivemos muita escolha a não ser ir de navio", disse Bill Ochs. "Sairemos da Califórnia, desceremos pelo Canal do Panamá e depois desceremos até o local de lançamento”, explicou o gerente de projeto. Ele ainda acrescentou que pode levar até 15 dias para chegar ao local de lançamento.

Apesar de mais um adiamento, dessa vez não haverá uma espera muito significativa. Todos os astrônomos e interessados na astronomia em geral estão ansiosos pelo lançamento deste que é considerado o sucessor do Hubble, pois o James Webb levanta expectativas de descobertas incríveis. Alguns estudos já foram selecionados, abrangendo as áreas de exoplanetas, buracos negros supermassivos, estruturas em grande escala do universo, entre outras. Os proponentes dessas pesquisas já têm um determinado período garantido para utilização do instrumento.

Fonte: Space.com

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.