Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Caçador de auroras registra espiral misteriosa no céu do Alasca

Por| Editado por Patricia Gnipper | 17 de Abril de 2023 às 18h07

Link copiado!

Subaru Telescope
Subaru Telescope

Uma espiral misteriosa surgiu no céu de uma área próxima de Delta Junction, no Alasca, durante a madrugada de sábado (15). O fenômeno curioso foi registrado por Todd Salat, fotógrafo que tinha apontado a lente de sua câmera para o céu em busca de auroras boreais.

Com tons azulados, a espiral misteriosa pareceu ter surgido de um ponto brilhante no horizonte e, conforme se movia pelo céu, aparentava ficar cada vez maior. “Foi um belo trabalho artístico no céu”, relatou Salat a um jornal local.

Felizmente, Salat estava preparado, e logo capturou algumas imagens da espiral acompanhada pela aurora:

Continua após a publicidade

Por mais curiosa que seja, a espiral não é tão misteriosa assim. Para entender a provável origem dela, basta lembrar que, algumas horas antes, a SpaceX havia lançado um foguete Falcon 9, que levou ao espaço uma série de satélites — entre eles, estava o satélite brasileiro VCUB1.

Alguns minutos após o lançamento, o primeiro estágio do foguete pousou; enquanto isso, o estágio superior seguiu viagem à órbita e completou sua missão. Nisso, ele descartou o excesso de combustível na atmosfera superior da Terra. Assim, é possível que o vapor d’água nos gases tenha acabado congelado em pequenos cristais, que teriam formado a espiral.

Esta não é a primeira vez que fenômenos brilhantes surgem no céu após lançamentos da SpaceX — por exemplo, em fevereiro, uma espiral semelhante foi observada no céu do Havaí no mesmo dia em que a empresa lançou um foguete Falcon 9, que havia levado ao espaço um satélite da Força Espacial dos Estados Unidos.

Fonte: ADN; Via: ScienceAlert