Astronautas da NASA levados à ISS pela SpaceX devem voltar em agosto

Por Patrícia Gnipper | 10 de Junho de 2020 às 13h31
NASA
Tudo sobre

NASA

Saiba tudo sobre NASA

Ver mais

Lançados pela SpaceX à Estação Espacial Internacional (ISS) no dia 30 de maio (e chegando lá no dia seguinte), os astronautas da NASA, Doug Hurley e Bob Behnken, devem voltar à superfície do planeta entre o fim de julho e o início de agosto. A duração da missão Demo-2 não chegou a ser definida e, na verdade, ainda não há uma data confirmada para o retorno da dupla.

Ken Bowersox, administrador associado em exercício na NASA, foi quem disse nesta semana que a nave Crew Dragon deve deixar a ISS com os dois astronautas dentro de até dois meses. Esse cronograma depende de vários fatores, incluindo o desempenho geral da nave, o progresso das atividades que os astronautas estão executando por lá, e as condições climáticas nas zonas de pouso, que ficam no oceano. Mas Bowersox adiantou que a missão Demo-2 está correndo dentro do planejado, que a nave está passando nos testes, e que a tripulação também está bem. A Crew Dragon foi certificada para permanecer no espaço por até quatro meses, tempo em que há a garantia de preservação de suas matrizes solares, que geram energia para seu funcionamento.

A Crew Dragon enquanto subia rumo à ISS (Foto: NASA)

Na ISS, Behnken deve realizar pelo menos duas caminhadas espaciais entre o fim de junho e o início de julho, ao lado de Chris Cassidy, também astronauta da NASA e atual comandante da estação. Esses spacewalks serão necessários para que baterias localizadas do lado de fora da estação sejam substituídas. Já Hurley vai operar o braço robótico, posicionado na parte canadense da ISS, durante as caminhadas espaciais de seus colegas. Somente após a conclusão dessas tarefas é que a dupla estará liberada para voltar à Terra.

Fonte: Spaceflight Now

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.