Áreas remotas do Japão terão acesso à internet Starlink a partir de 2022

Áreas remotas do Japão terão acesso à internet Starlink a partir de 2022

Por Wyllian Torres | Editado por Patrícia Gnipper | 13 de Setembro de 2021 às 18h30
SpaceX

Em 2022 o serviço de internet via satélite Starlink chegará às regiões remotas do Japão. Em comunicado oficial emitido no último dia 13 de setembro, a empresa japonesa de telecomunicações KDDI informou a parceria firmada com a SpaceX, a qual complementará a cobertura de banda larga nas áreas rurais do país e também atuará como um “plano b” em caso de danos no sistema terrestre.

Na fase inicial, a KDDI e SpaceX oferecerão a banda larga via Starlink para os clientes que vivem em regiões montanhosas ou ilhas sem qualquer custo adicional. Além disso, a rede de satélites atuará como um backup para o caso das linhas de telecomunicações em terra sofrerem algum dano durante desastres naturais.

(Imagem: Reprodução/SpaceX)

A KDDi também informou que ela e a SpaceX têm realizado uma série de demonstrações técnicas para avaliar a qualidade do desempenho após receber uma licença experimental do Ministério de Assuntos Internos e Comunicações do Japão. O objetivo é que, até o fim deste ano, elas obtenham uma licença formal para implementação da parceria em 2022.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Até março deste ano, cerca de 9.900 japoneses viviam em áreas sem cobertura móvel. Apesar de algumas áreas com cobertura sem fio, algumas pessoas que moram em ilhas enfrentam dificuldades para se manterem conectadas. A KDDI cobre mais de 90% da comunicação em 4G do Japão, mas apenas 60% é destinada à chamada banda de frequência de platina — mais eficaz em velocidade e conexão.

Vale destacar que, em maio deste ano, a empresa nacional rival da KDDI, a Softbank, firmou uma parceria com a OneWeb para o desenvolvimento de uma conectividade contínua e avançada no Japão e em outros mercados. Até agora, a OneWeb lançou 254 satélites de seu serviço de internet, enquanto a SpaceX ultrapassa as 1.700 unidades em órbita.

Fonte: SpaceNews, KDDI

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.