Warner Bros confirma Mulher-Maravilha 3 com Gal Gadot e Patty Jenkins

Por Laísa Trojaike | 28 de Dezembro de 2020 às 14h00
Warner

Antes do lançamento de Mulher-Maravilha 1984, eram bastante nebulosas as informações sobre um terceiro capítulo da história. Agora, com o filme nos cinemas e no HBO Max, a Warner Bros confirmou oficialmente que Mulher-Maravilha 3 está em desenvolvimento e que tanto Gal Gadot como a diretora Patty Jenkins irão retornar para a sequência.

A notícia foi dada por Toby Emmerich, presidente da Warner Bros, depois da boa estreia que o filme teve nos Estados Unidos mesmo em meio à pandemia, situação global que segue prejudicando as bilheterias. Só nos cinemas do país, Mulher-Maravilha 1984 arrecadou incríveis US$ 16,7 milhões em 2.100 cinemas, recuperando a moral do título, que havia ficado um pouco afetada pela estreia na China — lá, o filme ficou em segundo lugar no final de semana de estreia.

Imagem: Reprodução/Warner Bros.

Ao todo, Mulher-Maravilha 1984 estreou em 42 locais no final de semana passando, somando US$ 85 milhões em bilheteria e se tornando a maior estreia deste ano no “pós-pandemia”, como têm sido chamado, apesar de a pandemia não ter acabado.

Emmerich também falou da exibição de Mulher-Maravilha 1984 no HBO Max e a polêmica estratégia de lançamento proposta pela Warner Bros a todos os seus próximos títulos. Agora, o estúdio tenta demonstrar as vantagens da sua decisão.

Imagem: Reprodução/Warner Bros.

As informações são de que “quase metade” de todos os assinantes da plataforma assistiram a Mulher-Maravilha 1984 ao lado de “milhões de assinantes no atacado que têm acesso ao HBO Max por meio de cabo, wireless ou outros serviços de parceiros”. Para explicar esse número de visualizações, foi levado em conta o total de horas assistidas do HBO Max, que chegou a “mais do que o triplo em comparação com um dia típico do mês anterior”.

“Enquanto fãs em todo o mundo continuam a abraçar Diana Prince, conduzindo a forte apresentação no fim de semana de estreia de Mulher-Maravilha 1984, estamos entusiasmados por poder continuar sua história com nossas Mulheres-Maravilhas da vida real — Gal e Patty —, que voltarão para concluir a tão planejada trilogia para os cinemas”, finalizou o chefão da Warner Bros.

Fonte: IGN

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.