The Handmaid's Tale | O que esperar após morte chocante no final da 4ª temporada

The Handmaid's Tale | O que esperar após morte chocante no final da 4ª temporada

Por Natalie Rosa | Editado por Jones Oliveira | 25 de Junho de 2021 às 22h00
Hulu/MGM

No início de maio, a quarta temporada de The Handmaid's Tale finalmente foi lançada mundialmente, após quase dois anos de atraso, chegando ao Brasil através do Paramount+. Depois de três temporadas de bastante sofrimento para June (Elizabeth Moss) e os habitantes de Gilead, chegou a hora de conferirmos um pouco de esperança para os próximos anos.

A trama conta a história da transformação dos Estados Unidos na República de Gilead, um governo autoritário, teocrático e aterrorizante, com foco na personagem June, que nunca se conformou com tudo o que está acontecendo e que, desde o começo, sempre lutou para sair dessa. Com o passar dos episódios, a missão da protagonista se tornou ainda maior e ameaçadora aos seus inimigos.

Imagem: Divulgação/Paramount+/Hulu

Atenção: esta matéria contém spoilers de The Handmaid's Tale, principalmente da quarta temporada. Continue por sua conta e risco!

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Como a série havia nos prometido, a vingança de June começaria a funcionar, nos fazendo ficar ainda mais próximos do fim de Gilead. Com Serena Joy (Yvonne Strahovski) e Fred Waterford (Joseph Fiennes) detidos no Canadá, June também conseguiu escapar para o país para ficar cara a cara com aqueles que fundaram essa nova ditadura e seguir com o seu plano de vingança.

O final da temporada foi tão chocante quanto satisfatório, com Fred Waterford sendo morto por quem o seu regime torturou, da mesma forma que as aias eram torturadas e sacrificadas. Ao longo dos novos episódios, June demonstrava, cada vez mais, que não era o momento de perdoar e de ficar em paz mesmo depois de se tornar uma pessoa livre novamente. Inclusive, suas sequelas motivaram outras refugiadas a buscarem por vingança na mesma moeda.

O que esperar da 5ª temporada de The Handmaid's Tale?

Com Fred Waterford morto, o acontecimento deverá trazer grandes consequências para a nova temporada, com o impacto atingindo principalmente Serena, que havia voltado a se aliar ao marido e que está esperando um filho. A morte do comandante, no entanto, não será o fim do aparecimento do personagem na série, que irá dar as caras em flashbacks, como disse o próprio ator em entrevista recente, perturbando os pensamentos de June e Serena.

Serena também deve querer se vingar de June, mesmo que ela não gostasse de Fred, estando ao lado dele por poder e conveniência, ainda que tenha sofrido inúmeros abusos. June já deixou claro que pretende fazer com que a rival sofra com a perda do bebê, que corre o risco de ser tirado de suas mãos para ser "devolvido" à Gilead, como sugeriu a quarta temporada. Serena também tem seus motivos para vingança, sempre afirmando o quanto odiava a presença de June, quando aia, em sua casa.

Imagem: Divulgação/Paramount+/Hulu

A nova temporada também deve trazer mais conflitos entre o Canadá e os Estados Unidos, e possivelmente algum progresso na busca de June pela filha, Hannah, que ainda está em Gilead. Quem também está por lá é Nick (Max Minghella), que está afetivamente apegado à June, e vice-versa, o que deve trazer conturbações para o destino da protagonista com o marido Luke (O-T Fagbenle).

Ainda não há informações oficiais sobre o que acontecerá na quinta temporada, tampouco a sua data de estreia. Sabemos, pelo menos, que esses novos episódios já estão confirmados. Enquanto isso, você já pode maratonar as quatro temporadas de The Handmaid's Tale no Paramount+.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.