Suéter de Stranger Things marca estreia da Netflix no mundo do merchandising

Por Redação | 27 de Outubro de 2017 às 10h40
Divulgação
Tudo sobre

Netflix

Com marcas tão fortes como Stranger Things, House of Cards, Narcos e tantas outras, parece estranho que a Netflix tenha levado tanto tempo para anunciar seus esforços de merchandising. A iniciativa demorou, mas chegou, e o primeiro produto licenciado da empresa será um suéter natalino do seriado com ares oitentistas, que chegou à rede americana Target nesta semana.

Custando US$ 34,99 (equivalente a aproximadamente R$ 115), a blusa será vendida em diferentes tamanhos e é uma tradição americana, reconhecida, inclusive, pelo quanto peças desse tipo são bregas. Foi com ela, inclusive, que o CEO Reed Hastings apresentou a mais recente divulgação de números financeiros da Netflix, em 16 de outubro, e lá, já havia afirmado que uma onda de produtos licenciados estava a caminho.

Reed Hastings, CEO da Netflix, veste suéter de Stranger Things durante reunião online com executivos

Agora, sabemos exatamente quais serão alguns deles. A primeira leva é totalmente inspirada em Stranger Things, cuja segunda temporada estreou nesta sexta-feira (27) e terá action figures, camisetas e canecas – estes exclusivos da rede de lojas americanas Hot Topic –, além de versões tematizadas de jogos de tabuleiro consagrados como Banco Imobiliário e Detetive.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Não seria a primeira vez que produtos licenciados da Netflix chegam às lojas. A Funko, por exemplo, já produziu uma linha completa de seus característicos bonequinhos cabeçudos representando os personagens de Stranger Things, e o mesmo vale para outros shows originais, como Demolidor, por exemplo. Com o último, entretanto, a negociação entre fabricantes e detentores de direitos foi feita com a Marvel.

Tais esforços, entretanto, serviram para que Hastings e a Netflix enxergassem valor nesse segmento e apostassem forte nele. A linha de produtos de Stranger Things divulgada agora representa só o começo, e também uma aposta no hype gerado pela chegada da segunda temporada, e nada impede que mais negócios do tipo já estejam firmados, à espera apenas de uma estreia para serem anunciados.

Além disso, a obtenção de novas fontes de renda é uma ótima notícia para os acionistas, principalmente quando se leva em conta os gastos cada vez mais crescentes da Netflix com produções originais. A previsão para 2018, por exemplo, é que de US$ 7 bilhões a US$ 8 bilhões sejam investidos em shows próprios, e por mais que a base de assinantes cresça cada vez mais, principalmente no mercado internacional, a situação soa como um tanto insustentável.

Os detalhes dos acordos, entretanto, não foram revelados, bem como mais contratos de licenciamento e merchandising que tenham sido feitos pela companhia. Aos poucos, as informações devem começar a surgir por aí.

Fonte: Bloomberg

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.